Seguir o O MINHO

Ave

Homem de Celorico de Basto morre ao volante numa autoestrada em Espanha

José Ribeiro foi vítima de AVC

em

Foto: Funerária Lemos / Diário de Burgos

Um homem de 65 anos, natural de Celorico de Basto, foi acometido por uma doença súbita quando conduzia uma carrinha com atrelado na Autoestrada do Norte (AP1), em Miranda de Ebro, Espanha. A viatura acabou por sair da via, embatendo contra uma árvore. A esposa, que seguia ao lado, conseguiu segurar o volante, evitando que ela própria sofresse ferimentos mais graves.

De acordo com declarações da polícia espanhola, citada por meios da imprensa local de Miranda de Ebro, da província de Burgos, o trágico incidente ocorreu pouco depois das duas da tarde (hora espanhola) do passado domingo, ao quilómetro 74 da autoestrada, no sentido Vitória, “por causas desconhecidas”.

Contudo, esta terça-feira, O MINHO apurou junto de fonte próxima da família que o homem,  José Magalhães Ribeiro, natural da freguesia de Fervença, em Celorico de Basto, terá sido acometido por um acidente vascular cerebral (AVC) quando conduzia a viatura, causando-lhe morte imediata. A esposa, que seguia no lugar do ‘pendura’, conseguiu segurar o volante e evitar um desastre maior, acabando a carrinha em que seguiam por embater numa árvore, tombando posteriormente.

A esposa acabou por necessitar de assistência, tendo sido transportada para o Hospital de Miranda com ferimentos ligeiros. No acidente estiveram envolvidos vários meios, como é o caso dos Serviços de Emergência de Castela e Leão, com duas ambulâncias (uma médica e outra de suporte de vida), para além da divisão de tráfego da Guardia Civil, Polícia Local de Miranda e os Bombeiros de Miranda, que efetuaram o resgate das vítimas.

Ao que apurámos, o casal – já reformado – dedicava os últimos meses a viajar por alguns pontos da Europa do Sul e Central, com recurso a uma caravana atrelada. Ficavam algum tempo em determinados locais, partindo depois para outras paragens.

O corpo encontra-se em câmara ardente, a partir desta quarta-feira, na Capela Mortuária da Paróquia da freguesia de Fervença. Já o funeral realiza-se quarta-feira, dia 22 de junho de 2022, pelas 17:00, na Igreja Paroquial de Fervença, onde são celebradas as exéquias fúnebres, seguindo-se a inumação em jazigo de família no Cemitério Local, isto de acordo com informação tornada pública pela Agência Funerária Lemos (ver aqui).

Fonte: Facebook

A missa do 7.º dia será celebrada no domingo, dia 26 de junho de 2022, pelas 08:00 na Igreja Paroquial de Fervença.

Populares