Seguir o O MINHO

Guimarães

Homem de 35 anos em estado grave após colisão em Guimarães

Em Creixomil

em

Um homem, com 35 anos, sofreu ferimentos graves na sequência de uma colisão frontal, ao início da noite deste domingo, na cidade de Guimarães.


A colisão ocorreu na Rua da Pisca, em Creixomil, provocando ainda ferimentos ligeiros num outro interveniente, um homem com 67 anos.

“Houve necessidade de desencarcerar a vítima mais nova”, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

No local, estiveram os Bombeiros de Guimarães com três viaturas e oito operacionais.

A equipa médica da VMER de Guimarães fez acompanhamento clínico do ferido grave até ao hospital local, para onde ambas as vítimas foram transportadas.

A PSP registou a ocorrência.

Anúncio

Guimarães

No Dia do Animal, gato é resgatado de uma torre de alta tensão em Guimarães

Resgate

em

Foto: Facebook de Bombeiros de Guimarães

Foi um Dia Mundial do Animal diferente para um gato de Guimarães. O felino decidiu aventurar-se, este domingo, na subida a um poste de alta tensão, na freguesia de Selho São Lourenço, mas, depois de uma subida de quase 30 metros, já não conseguiu descer.

Os donos, conta o Guimarães Digital, do Grupo Santiago, pediram auxílio aos bombeiros, com os operacionais Henrique Freitas e Eusébio Antunes a apresentarem-se no local, cerca das 14:40.

Através da autoescada, os bombeiros conseguiram resgatar o gato, numa operação delicada que teve o olhar atento do tutor do animal.

O gato acabou por pisar terra firme são e salvo, graças à destreza de Henrique e Eusébio.

“Por muitos anos de experiência que um bombeiro tenha, há momentos que consideramos únicos, pela singularidade, pelo perigo e risco do ato em si. Resgatar um animal, numa torre de alta tensão, que se encontra a 30 metros de altura, é sempre motivo de registo. Parabéns á equipa de bombeiros que participou no resgate com sucesso”, escreveu a corporação na página de Facebook.

Este foi já o quarto gato a ser resgatado pela corporação ao longo da última semana.

Continuar a ler

Guimarães

Guimarães é a primeira cidade portuguesa na Declaração Europeia das Cidades Circulares

Ambiente

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

Guimarães tornou-se na primeira cidade portuguesa a assinar a declaração Europeia das Cidades Circulares, reforçando o trabalho que tem vindo a desenvolver na transição da economia linear para circular, anunciou a autarquia.

A par de Guimarães, outras importantes cidades europeias assinaram esta declaração como Ghent, Praga, Copenhaga, Helsínquia, Budapeste, Florença, Oslo, Liubliana e Malmo.

Em comunicado, a autarquia dá conta de que “esta transição contribuirá para criar uma sociedade eficiente em termos de recursos com baixo teor de emissões de carbono e socialmente responsável”.

“Nesse sentido, Guimarães tem já em execução, desde 2016, um plano estratégico para a Economia Circular (G4CE – Guimarães For Circular Economy) que tem sido alvo de reconhecimento nacional e internacional por contribuir para uma gestão eficiente de recursos, com o envolvimento dos cidadãos”, diz a nota.

Com a assinatura da declaração Europeia das Cidades Circulares, Guimarães “reforça o seu caminho, partilhando experiências e criando oportunidades para novas sinergias que contribuam para encarar os novos desafios”, assinalou a vereadora do Ambiente, Sofia Ferreira.

Esta declaração foi desenvolvida por um vasto conjunto de entidades e individualidades, reconhecidas internacionalmente, com o objetivo de garantir que a visão e os compromissos estabelecidos, apesar de ambiciosos, serão alcançáveis através do empenhamento e apoio das cidades.

Continuar a ler

Guimarães

Bate num cruzamento com semáforos em Guimarães e põe-se em fuga

Acidente

em

Foto: Redes Sociais

Um carro terá sido abalroado na VIM de Guimarães, no cruzamento com semáforos junto a Serzedelo, sofrendo danos significativos, durante a madrugada deste domingo.

Nas redes sociais, Ana Guimarães, que ia no Citroen abalroado, denuncia a situação, indicando que a viatura que terá abalroado colocou-se em fuga, não prestando assistência, como manda a lei.

Apesar do aparato da colisão, nenhum dos ocupantes da viatura abalroada sofreu ferimentos, apenas o susto.

Ana Guimarães diz que a viatura que abalroou era uma Renaul Megane de cor preta e que estará amolgada nas portas do lado do condutor.

Qualquer informação sobre alguma carrinha com essas características deve ser dirigida às autoridades policiais de Guimarães.

Continuar a ler

Populares