Seguir o O MINHO

Alto Minho

Hipermercados de Ponte de Lima asseguram hora para bombeiros, polícias e profissionais de saúde

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

Os quatro maiores e principais supermercados de Ponte de Lima vão disponibilizar uma hora diária para atender agentes de segurança, proteção civil e profissionais de saúde, de forma a mitigar os efeitos provocados pela doença Covid-19.

O MINHO sabe que as marcas Continente, Lidl e Minipreço mostraram-se favoráveis a conceder uma hora antes da abertura das lojas, de forma a que estes profissionais possam efetuar as suas compras de forma mais tranquila. Também o Intermarché deverá dar prioridade de atendimento a estes agentes, ao longo de todo o dia.

Recorde-se que estes profissionais e voluntários estão de prontidão, podendo efetuar turnos até 24 horas seguidas, o que não permite enfrentar as filas que se têm verificado nos hipermercados em todo o país, face à limitação de pessoas no espaço interior.

O número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, que causa a doença Covid-19, subiu para 642 casos em Portugal, anunciou, na quarta-feira, a Direção-Geral da Saúde (DGS), mais 194 do que na terça.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decretou na quarta-feira o estado de emergência em Portugal, por 15 dias, devido à pandemia de Covid-19.

O estado de emergência entrou em vigor desde as 00:01 desta quinta-feira e prolonga-se até às 23:59 de 02 de abril.

EM FOCO

Populares