Seguir o O MINHO

Futebol

‘Hat-trick’ de Vitinha e ‘bis’ de Roger na goleada do Braga em Arouca

I Liga

em

O SC Braga goleou hoje o Arouca por 6-0 e consolidou a quarta posição da Liga portuguesa de futebol. Os jovens Vitinha e Roger marcaram cinco dos seis golos da partida.

De regresso às opções de Carlos Carvalhal após dois jogos de ausência por lesão, Vítor Oliveira fez três golos em menos de meia hora, aos cinco, 12 e 26 minutos, lançando os ‘arsenalistas’ para uma grande exibição, que contou ainda com um golo de Yuri Medeiros (71), de grande penalidade, e um ‘bis’ do miúdo Roger (75 e 80).

Os bracarenses abriram o marcador no primeiro lance de perigo do encontro, graças a um desvio fortuito de Vítor Oliveira a um remate torto de Yan Couto, e poderiam ter aumentado pouco depois, quando Miguel Falé ganhou na disputa a Basso, mas, na ‘cara’ de Victor Braga, permitiu a defesa do ‘guardião’.

No entanto, o segundo golo surgiu segundos depois, num cruzamento de Iuri Medeiros para a cabeça de Miguel Falé, Victor Braga ainda fez uma grande defesa, só que Vítor Carvalho estava no sítio certo para ‘encostar’.

A formação de Armando Evangelista tinha dificuldades em segurar o esférico e chegar ao último terço, num meio campo improvisado sem os titulares Leandro Silva e Kouassi, enquanto a fluidez ofensiva do Braga criava problemas à defensiva arouquense.

Ainda antes da meia hora, uma ‘tabela’ entre Al Musrati e Iuri Medeiros desbloqueou o ‘miolo’, o extremo lançou Vítor Oliveira na área, que, descaído pela direita, atirou forte e rasteiro para assinar o ‘hat-trick’.

Só aos 40 minutos o Arouca criou um lance de perigo, num livre a 30 metros da baliza, em que o ‘disparo’ de André Silva saiu ligeiramente ao lado.

Ao intervalo, Armando Evangelista mudou a formação, com as entradas de Abdoulaye e Tiago Araújo, optando por uma linha de três centrais, e a entrada do jovem português quase surtiu efeito imediato, ao tirar um cruzamento ‘teleguiado’ para a cabeça de Bukia, mas o congolês não acertou no alvo.

Ainda no jogo dos bancos, Carlos Carvalhal tirou o ‘amarelado’ Yan Couto e o estreante Miguel Falé, lançando o jovem Roger e Dinis Pinto, que também fez a sua estreia.

Depois de consultar o monitor, aconselhado pelo videoárbitro Gustavo Correia, Manuel Oliveira assinalou uma grande penalidade a castigar falta de Basso sobre Vítor Oliveira. Chamado a converter, Iuri Medeiros ‘carimbou’ o quinto golo no campeonato.

O extremo açoriano não ficou por aí e, pouco depois, tirou dois adversários da frente na grande área e serviu Roger para o primeiro golo na Liga, mas o miúdo de 16 anos ainda tinha mais na bagagem e, cinco minutos depois, intercetou uma bola no último terço, ‘arrancou’ isolado e, perante Victor Braga, fez o ‘bis’.

Com este resultado, o SC Braga reforça o quarto lugar, com 31 pontos, enquanto o Arouca não conseguiu dar a prenda aos adeptos e soma quatro jogos sem vencer, ocupando o 12.º lugar, com 14 pontos, ficando à mercê dos clubes em zona de descida.

Ficha de Jogo

Jogo realizado no Estádio Municipal de Arouca, Aveiro.

Arouca – SC Braga: 0-6.

Ao intervalo: 0-3.

Marcadores:

0-1, Vítor Oliveira, 05 minutos.

0-2, Vítor Oliveira, 12.

0-3, Vítor Oliveira, 26.

0-4, Yuri Medeiros, 71.

0-5, Roger, 75.

0-6, Roger, 80.

Equipas:

– Arouca: Victor Braga, Thales, Basso, Campi (Abdoulaye, 46), Mateus Quaresma, Pedro Moreira (Omri Altman, 75), Eugeni (Tiago Araújo, 46), Bukia, Pité, Arsénio (Antony, 86) e André Silva (Odday Dabbagh, 75).

(Suplentes: Zubas, Abdoulaye, Joel Ferreira, Tiago Araújo, Or Dasa, Omri Altman, Adílio, Antony e Odday Dabbagh).

Treinador: Armando Evangelista.

– SC Braga: Matheus, Yan Couto (Dinis Pinto, 62), Bruno Rodrigues, Paulo Oliveira, Diogo Leite (Tormena, 76), Francisco Moura, Al Musrati, Lucas Mineiro, Yuri Medeiros (Schurrle, 82), Vítor Oliveira (Mario González, 76) e Miguel Falé (Roger, 62).

(Suplentes: Tiago Sá, Tormena, Dinis Pinto, Kodisang, Mario González, Buta, Schurrle, Gorby, Dinis Pinto e Roger).

Treinador: Carlos Carvalhal.

Árbitro: Manuel Oliveira (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Eugeni (09), Yan Couto (54) e Lucas Mineiro (72).

Assistência: 622 espetadores.

(em atualização)

EM FOCO

Populares