Seguir o O MINHO

Ave

Guimarães: Votação nas propostas do Orçamento Participativo 2015 começa esta quarta

em

Cidadãos podem votar em 15 projetos até ao dia 02 de outubro, através da internet. Votação presencial na Câmara Municipal também tem início esta quarta-feira, mas termina a 30 de setembro.

 

A fase de votação nas propostas da edição de 2015 do Orçamento Participativo de Guimarães principia esta quarta-feira, 02 de setembro, de acordo com nota enviada pelo município a’O Minho. O sufrágio prolonga-se durante um mês na plataforma digital do OP2015, onde foi publicada esta segunda-feira a lista das 15 propostas que foram admitidas à votação por parte dos cidadãos.

Durante a fase de apresentação de propostas, foram registadas 26 ideias submetidas pelos cidadãos e, após a análise técnica por parte dos serviços municipais quanto à sua elegibilidade, foram consideradas 9 propostas no âmbito da sustentabilidade ambiental e 6 na área do voluntariado e solidariedade, tendo por base as normas de participação e o regulamento aprovado para a edição deste ano.

O dia de início para a votação online coincide com a data de arranque da votação presencial, através da realização de uma Assembleia de Voto no Balcão Único de Atendimento, na Câmara Municipal, disponível ao público até ao dia 30 de setembro, de segunda a sexta-feira, entre as 09 e as 17 horas. Até ao dia 9 de outubro será divulgada a lista com os resultados finais.

 

Novo registo para exercer voto

Podem participar no Orçamento Participativo os cidadãos com idade igual ou superior a 18 anos, naturais ou residentes no concelho de Guimarães. A votação nos projetos validados pelos serviços municipais decorre por via eletrónica – em op.cm-guimaraes.pt – mediante a realização de um registo, com a indicação dos seguintes dados: Nome, Número de Contribuinte, Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão, Data de Nascimento, Número de Telemóvel e Relação com o Município.

Caso o registo seja válido, será enviado ao cidadão uma senha (password) de acesso ao portal e, no ato de votação, será enviado um PIN para o telemóvel que permite exercer o voto na proposta desejada. Os cidadãos que recorram à Assembleia de Voto presencial deverão estar munidos dos documentos de identificação que permitam confirmar a naturalidade ou residência no concelho de Guimarães, sendo que cada participante apenas poderá votar uma vez.

Ao Orçamento Participativo é atribuída a verba global de 500 mil euros para financiar os projetos mais votados pelos cidadãos. O valor máximo de cada proposta é de 50 mil euros, com IVA incluído à taxa legal em vigor. Da verba global, 100 mil euros são destinados à iniciativa de âmbito escolar no âmbito do “OP Escolas’2015”, que abrangeu catorze agrupamentos de escolas e duas secundárias do concelho de Guimarães. Neste caso, o valor máximo de cada proposta foi de 6.250 euros, com IVA incluído à taxa legal em vigor.

Populares