Seguir o O MINHO

Guimarães

Guimarães vai oferecer às crianças do 4.º ano um brinquedo para potenciar a inclusão

‘Moving Kids’

em

Foto: Rui Dias / O MINHO

A Câmara de Guimarães, em colaboração com o laboratório colaborativo Prochild e a empresa de brinquedos científicos Science for You, apresentou esta terça-feira no Instituto de Design de Guimarães o brinquedo Moving Kids. Será distribuído gratuitamente a todas as crianças do 4º ano do concelho de Guimarães.

Trata-se de um brinquedo que integra um conjunto de cartões descartáveis que permitem contruir elementos cénicos e veículos que complementam os cenários. Estes objetos “permitem às crianças imaginar, projetar e construir uma maquete de um lugar de brincar para todos”. O brinquedo pretende potenciar a inclusão e, simultaneamente, o movimento, a exploração e a utilização de veículos de suporte à brincadeira.

Do brinquedo faz também parte um livro de histórias originais do escritor infantojuvenil Pedro Soromenho. “É um jogo em que a criança vai reinventar o seu mundo”, afirma o escritor. “Uma história em que o que importa não é o final, é o caminho que se faz até lá”, acrescentou, sobre este “desafio” que lhe foi lançado pela Câmara de Guimarães.

A Science for You é a promotora inicial deste brinquedo. A empresa, fundada em 2008, numa parceria com a Faculdade de Ciências da Universidade Nova de Lisboa, produz e comercializa brinquedo educativos e científicos que permitem às crianças aprenderem enquanto brincam.

A empresa reconhece que não passou incólume à pandemia e que, face a esta situação, “procurou adaptar as suas estratégias a esta nova realidade por forma a dar continuidade à sua atividade no mercado português e internacional”. Foi desse reajustamento do plano estratégico da empresa que surgiu a ideia de contactar Juntas de Freguesia e Câmaras Municipais, “com a proposta de fornecer a estas entidades brinquedos científicos” para serem disponibilizados a título gratuito às crianças, “nomeadamente às socialmente mais desfavorecidas”.

A Câmara de Guimarães foi uma das que se interessou pelo projeto, sob a condição de ser desenvolvido um brinquedo personalizado para o Município “e as necessidades das suas crianças”.

Adelina Paula Pinto, vereadora da Câmara de Guimarães com o pelouro da Educação, afirma que o concelho “tem, no seu projeto educativo, uma preocupação de estimular a criança a vários níveis e uma preocupação territorial”.

Segundo a vice-presidente da Câmara, este brinquedo, que será distribuído a cerca de duas mil crianças, cumpre esses dois requisitos.

A vereadora justifica a opção pelas crianças do 4º ano porque nesta idade as crianças, envolvidas no projeto “Reconhecer Guimarães”, já têm um conhecimento sobre o território que lhes permite disfrutar do jogo. O projeto “Reconhecer Guimarães”, leva as crianças dos 1º e 2º ciclos a visitar os principais equipamentos culturais de Guimarães, de forma que, chegadas aos 12 anos, já todas visitaram todos os principais espaços culturais do concelho.

Segundo a vereadora, a adequação da parte literária do brinquedo também foi pensada para crianças da faixa etária dos alunos do 4º ano.

Manuel Sarmento, em representação do Prochild, destacou o facto de a Science for You ter saído do seu registo habitual de produção de brinquedos na área das ciências naturais. Neste caso o brinquedo remete para ciências sociais, como a geografia, ou para as humanidades, com a componente literária.

O brinquedo foi conceptualizado e desenvolvido pela socióloga Gabriela Trevisan, pela arquiteta Mariana Carvalho e pela designer Alexandra Ribeiro, coordenadas pelas professoras Inês Guedes de Oliveira, da Universidade de Aveiro e Teresa Freire Universidade do Minho.

A iniciativa custará a Câmara Municipal de Guimarães 15 mil euros e os brinquedos começarão a estar disponíveis para distribuir às crianças a partir de dezembro deste ano.

Populares