Seguir o O MINHO

Ave

Guimarães lidera ranking dos municípios com mais presença na Internet

em

Vítor Oliveira, ao centro, adjunto do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães. Foto: CM Guimarães

Guimarães passou a liderar, em 2016, a Classe A do Índice de Presença na Internet das Câmaras Municipais, correspondente à categoria de 24 “Municípios Grandes”, com uma população superior a 100 mil habitantes, principal classe de um estudo que avalia o estado da modernização digital das autarquias e o nível da sua relação eletrónica com os munícipes, revelou o município.

O resultado da análise às páginas de internet das 308 câmaras municipais portuguesas, efetuada entre novembro de 2016 e janeiro de 2017, foi apresentado na sede da Microsoft, em Lisboa, esta sexta-feira, 05 de maio, numa cerimónia presidida pelo Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel.

“Na Classe A, a Câmara de Guimarães, que tinha ficado no 3º lugar no ranking em 2014, ocupa agora a liderança da categoria, seguindo-se os municípios de Leiria e de Vila Franca de Xira, classificados no 2º e 3º lugar, respetivamente”, explica a autarquia, acrescentando que “no ranking geral, onde estão incluídas as restantes duas categorias de autarquias (Médias e Pequenas), com outro tipo de volume informativo, o estudo refere que Guimarães subiu oito lugares comparativamente com a última avaliação, passando do 15º posto para a 7ª posição em 308 municípios, depois de ter ocupado o 157º lugar em 2012″.

A pesquisa, efetuada pelo Laboratório de Estudo e Desenvolvimento da Sociedade da Informação (GÁVEA) e pelo Departamento de Sistemas de Informação da Universidade do Minho, tem por base a análise de quatro critérios: “Conteúdos: Tipo e Atualização”, “Acessibilidade, Navegabilidade e Facilidade de Utilização”, “Serviços Online” e “Participação”.

Guimarães ocupa o 1º lugar na acessibilidade, navegabilidade e facilidade de utilização do seu website, está na 2ª posição ao nível do tipo de informação e atualização, ocupa o 4º lugar no que diz respeito à participação de munícipes e, em 2016, encontra-se no 5º posto relativamente à disponibilização de serviços online.

 

Anúncio

Ave

Mulher ferida em casa após tentativa de assalto em Celorico de Basto

Transportada para unidade hospitalar

em

Foto: DR / Arquivo

Uma mulher sofreu hoje ferimentos ligeiros, em Celorico de Basto, numa tentativa de assalto realizada por dois encapuzados, quando se encontrava sozinha em casa, de acordo com os bombeiros da localidade.

Segundo fonte da corporação, foi a própria vítima que relatou aos bombeiros os contornos da situação ocorrida cerca 17:40, na União de Freguesias de Britelo, Gémeos e Ourilhe.

A mulher foi assistida no local pelos bombeiros e transportada para o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa.

Desconhece-se se os alegados assaltantes estariam armados.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Ave

Famalicão apoia 350 famílias com “redução excecional” de tarifas municipais

Água, saneamento e resíduos sólidos

em

Foto: Arquivo

A câmara de Vila Nova de Famalicão vai apoiar perto de 350 famílias com uma “redução excecional” das tarifas municipais de água, saneamento e resíduos sólidos, deixando de receber anualmente cerca de 65 mil euros, anunciou, esta quarta-feira, a autarquia.

Em comunicado, a Câmara de Famalicão adianta que a medida de “caráter excecional abrange famílias que vivem em situação de carência económica e é atribuída por um período único de um ano, podendo estas situações ser revistas e, ou, revogadas no caso de alteração dos pressupostos”

Segundo a autarquia, todos os meses, o executivo municipal aprova, em reunião de câmara, “inúmeros pedidos de redução excecional da tarifa ambiental” requeridos pelos próprios munícipes junto da Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos, que depois comprova a carência económica das famílias junto da Divisão de Solidariedade Social.

“É mais uma medida de grande alcance social, que apoia as famílias quando elas mais precisam da nossa ajuda”, refere no texto o presidente da câmara, Paulo Cunha.

Segundo o autarca, “são apoios fundamentais em certos momentos difíceis, que ajudam muitas vezes uma família a reerguer-se e a recuperar o equilíbrio financeiro”.

A autarquia salienta ainda que a tabela municipal prevê já uma tarifa social, com valores mais reduzidos para famílias em situação económica desfavorável, assim como uma tarifa familiar para agregados com quatro ou mais pessoas.

Continuar a ler

Guimarães

Homem de Guimarães testou negativo para o coronavírus

Covid-19

em

Foto: Portal do Serviço Nacional de Saúde

O homem de Guimarães que apresentava sintomas suspeitos de ter contraído Covid-19 (coronavírus) testou negativo, anunciou a Direção Geral de Saúde no seu site oficial, pelas 22:05 desta terça-feira.

Em despacho assinado por Graça Freitas, diretora-geral da Sáude, é dado conta de que “o 16.º caso suspeito de infeção por novo Coronavírus (COVID-19), um doente que foi encaminhado hoje para o Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ), teve resultado negativo após realização de análises laboratoriais pelo CHUSJ, com duas amostras biológicas negativas”.

O homem tinha viajado de Milão para Portugal e foi considerado suspeito de estar infetado com o coronavírus Covid-19 e encaminhado para o Centro Hospitalar Universitário de São João.

Este foi o 16.º caso suspeito de Covid-19 em Portugal e tornou-se suspeito de estar infetado “após avaliação clínica e epidemiológica”.

De acordo com a mesma fonte, o doente ficou internado durante todo o dia para colheitas de amostras biológicas para análise pelo hospital de São João, no Porto.

O caso anterior (15.º) também se referia a uma pessoa que viajou de Milão, neste caso uma mulher, que também foi encaminhada para o Centro Hospitalar Universitário de São João, e que também deu negativo.

Os restantes 14 casos suspeitos no país resultaram negativos após análises.

Existe já um 17.º caso suspeito, também de um homem que regressou de Milão, estando internado no INSA, em Lisboa.

Até agora, o único caso conhecido de um português infetado pelo novo vírus é o de um tripulante de um navio de cruzeiros que está hospitalizado no Japão.

Em termos globais, o balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de 2.707 mortos e cerca de 80.300 pessoas infetadas, de acordo com dados reportados até hoje, por cerca de 30 países.

Além de 2.665 mortos na China, onde o surto começou no final do ano, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França e Taiwan.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.

Continuar a ler

Populares