Seguir o O MINHO

Ave

Guimarães instala Papa-Chicletes e EcoPontas para eliminar resíduos do chão

em

 A Câmara Municipal de Guimarães apresentou o “Papa-Chicletes” e o “EcoPontas”, duas novas estruturas de mobiliário urbano que pretendem contribuir para a redução de chicletes e pontas de cigarro atiradas para o chão, dois dos resíduos mais encontrados nas praças e ruas da cidade. O processo de reciclagem a que serão submetidos, posteriormente, permitirá a sua conversão e valorização científica, transformando-os em novos produtos disponíveis para a comunidade, desde a formação de novos plásticos ou de papel, passando pela energia ou agricultura.

O “Papa-Chicletes”, com um design arrojado e atrativo, por recurso à impressão 3D, pretende incentivar, principalmente o público mais jovem, a colocar ali as pastilhas elásticas usadas. O EcoPontas, igualmente com uma imagem apelativa, terá no topo da sua estrutura a realização periódica de inquéritos sobre temas da atualidade, cujas respostas serão quantificadas através da introdução de pontas de cigarros, numa medida que pretende incentivar a população a depositá-las no recipiente em detrimento do pavimento, onde se encontra 37% deste tipo de lixo atirado para o chão.

Nos próximos dias, decorrerá a instalação destes equipamentos, que ficarão situados, numa primeira fase, em nove locais públicos, nomeadamente, Centro Histórico, Paço dos Duques de Bragança, Largo do Toural, Universidade do Minho, Plataforma das Artes e Laboratório da Paisagem. O Papa-Chicletes ficará também instalado em três escolas secundárias do centro da cidade: Martins Sarmento, Francisco de Holanda e Santos Simões.

“Estão aqui duas soluções criativas e inovadoras que serão implementadas com sucesso”, considerou Domingos Bragança, presidente do Município, realçando as “competências profissionais e emocionais” dos responsáveis dos projetos, que resulta do seu “forte envolvimento”.

 Amadeu Portilha, vice-presidente da autarquia, com competências delegadas na área do Ambiente, destacou o “entusiasmo da equipa de trabalho”, enquanto Carlos Ribeiro, director do Laboratório da Paisagem, partilhou o compromisso apresentado aos vimaranenses de construir uma “cidade e um concelho mais verde”.

O investigador do Laboratório da Paisagem, Nuno Silva, autor dos “projectos inovadores”, disse que “a germinação desta ideia irá sensibilizar a comunidade para a problemática das chicletes e das pontas de cigarro que poluem o chão e que degradam o património”.

“Estou certo que vamos ser bem-sucedidos. Quando queremos, conseguimos!”, concluiu Domingos Bragança, reforçando a importância da sensibilização social para a educação ambiental.

Anúncio

Famalicão

Famalicão: Roubam 16 mil euros de moradia e deixam proprietário em estado grave

Em Ribeirão

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, de 65 anos, ficou com ferimentos graves na sequência de um violento assalto na moradia onde reside com a esposa, de 62, em Ribeirão, concelho de Famalicão, na terça-feira.

Os larápios entraram na moradia de forma violenta, dá conta o jornal Correio da Manhã, esta quinta-feira, relatando que os quatro assaltantes surpreenderam o casal no quarto, sequestraram a mulher na casa de banho e agrediram o companheiro, de forma a obter o código de um cofre.

Imagem via Correio da Manhã

A vítima acabou por revelar o código, não evitando ter sofrido ferimentos graves que o levaram a ser transportado diretamente para o Hospital de São João, no Porto.

Os ladrões, que ainda não foram alvo de detenção, terão levado 16 mil euros em dinheiro e várias peças em ouro. O mesmo jornal dá conta de que alguns documentos levados pelos assaltantes foram encontrados, na quarta-feira, em Lisboa.

A GNR de Famalicão registou a ocorrência que passou para investigação da Polícia Judiciária.

Continuar a ler

Guimarães

Guimarães recebe feira de vinho com mais de 150 produtores

Guimarães Wine Fair

em

Foto: Divulgação

Mais de 150 produtores de vinho estarão presentes no evento “Guimarães Wine Fair”, anunciou, esta quinta-feira, a autarquia local.

A feira, que decorre no Multiusos de Guimarãeas, de sexta até domingo, vai na sua segunda edição e contará com mais de 150 expositores no certame.

Classificado como um “evento pioneiro” em Portugal, é possível degustar e comprar os vários tipos de vinho patentes na Wine Fair.

“À semelhança da edição anterior, o homenageado é o Vinho, um dos símbolos da cultura portuguesa, onde haverá destaque para artigos produzidos artesanalmente”, destaca a autarquia, em nota enviada à imprensa.

A feira é organizada pelo supermercado E.Leclerc de Lordelo-Guimarães, com co-organização do Município de Guimarães e Guimarães Marca.

Continuar a ler

Guimarães

Guimarães inicia construção do maior centro de medicina regenerativa da Europa

“The Discoveries Centre”

em

Avepark. Foto: Divulgação

Já arrancaram as obras de construção do novo Instituto Cidade de Guimarães, local de sede do futuro maior centro de investigação em medicina regenerativa da Europa, no parque de ciência e tecnologia Avepark.

Domingos Bragança, edil, em reunião do executivo camarário vimaranense, tinha anunciado um apoio de 1,5 milhões de euros para a construção deste projeto, que conta ainda com 15 milhões de euros de financiamento direto da Comissão Europeia.

A situar no parque de ciência e tecnologia Avepark, em Guimarães, junto ao edifício 3B’s, terá como epicentro o The Discoveries Centre, uma parceria da Universidade do Minho e de outras quatro universidades portuguesas (Porto, Aveiro, Lisboa e Nova de Lisboa) com a University College of London.

Este centro focar-se-á em investigação multidisciplinar, que será traduzida em métodos inovadores a serem aplicados na prevenção e no tratamento de doenças músculo-esqueléticas, neurodegenerativas e cardiovasculares.

Orçado em 100 milhões de euros, o novo instituto contará com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDRs) do Norte, Centro e Lisboa e Vale do Tejo.

Continuar a ler

Populares