Seguir o O MINHO

Guimarães

Guimarães: Imagem da Senhora de Fátima vai estar dois meses no Santuário da Penha

A partir de domingo

em

Foto: DR

A imagem da Virgem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima vai estar no Santuário da Penha, em Guimarães, a partir do próximo domingo, 18 de julho, dia da Festa de Nossa Senhora do Carmo, Padroeira da Irmandade, e até 12 de setembro, dia da Grande Peregrinação.

“Um momento único e histórico que permitirá a todos os cristãos da região peregrinar até ao Santuário da Penha e estar junto de Nossa Senhora de Fátima, ao longo de cerca de dois meses”, salienta a Irmandade da Penha, em comunicado.

A iniciativa foi apresentada esta terça-feira no Salão Nobre do Santuário da Penha, numa sessão que contou com o juiz da Irmandade da Penha, Manuel Roriz Mendes, Arcipreste de Guimarães e Vizela, padre Samuel Vilas Boas, e do reitor do Santuário, padre Carlos Lopes Sousa.

“Este é um acontecimento grandioso e histórico”, qualificou o juiz da Irmandade, Manuel Roriz Mendes, citado em comunicado. “Todos nós temos ainda muito presentes e seguramente que os cristãos não esquecem as imagens de 12 e 13 de maio de 2020: a imagem do Altar do Mundo vazio e em total solidão. Também não esquecemos que, de igual modo, este ano, muitos voltaram a viver e a sentir a dor de não poderem peregrinar e estar junto de Nossa Senhora de Fátima, no Santuário de Fátima, a não ser de forma virtual. Neste contexto, depois da ausência forçada de milhares de peregrinos de Fátima, depois de todas as imensas dores provocadas pela pandemia, é com uma imensa honra e alegria que podemos anunciar que vamos ter a imagem de Nossa Senhora de Fátima na Penha”, anunciou o dirigente da Irmandade.

Durante cerca de dois meses, concretamente entre 18 de julho (Dia da Festa da Senhora do Carmo) e 12 de setembro (dia da Grande Peregrinação à Penha), a imagem da Virgem Peregrina de Fátima estará no Santuário da Penha. O acontecimento repleto de simbolismo acontece também na altura em que se celebram 70 anos que a Virgem Peregrina de Fátima esteve na Grande Peregrinação anual à Penha. “Mas, tão ou mais importante que isso é que vamos permitir que os cristãos e peregrinos de toda a região possam encontrar-se, no Santuário da Penha, com Nossa Senhora de Fátima. Todos podem cá vir encher o seu coração de alegria, falar com Nossa Senhora de Fátima, olhar a sua belíssima imagem, acender a sua vela ou oferecer as suas flores”, sublinhou Roriz Mendes.

A imagem de Nossa Senhora de Fátima, que foi feita segundo as indicações da Irmã Lúcia, vai chegar à cidade de Guimarães no próximo domingo, tendo direito a duas receções solenes, uma na cidade e outra na Montanha da Penha. O programa de receção na cidade terá início pelas 11h30, com o transporte da imagem da Virgem Peregrina, em viatura própria, pelos Bombeiros Voluntários de Guimarães desde o quartel, passando pela Alameda Dr. Alfredo Pimenta, Rua Paio Gualvão, Largo do Toural, Largo Condessa do Juncal, Rua de Egas Moniz e Largo da Oliveira. A imagem terá receção oficial na Igreja de Nossa Senhora da Oliveira por todas as entidades civis, militares e religiosas de Guimarães e estará presente na eucaristia solene das 12:00.

A imagem de Nossa Senhora de Fátima permanecerá na Igreja da Oliveira até às 17:30, altura em que voltará a ser transportada, em viatura própria, pelos Bombeiros Voluntários de Guimarães até ao Santuário da Penha, realizando o percurso tradicional da Grande Peregrinação, pela freguesia da Costa.

A Receção Solene no Santuário da Penha vai realizar-se a partir da Praça do Cruzeiro, pelas 18:00, com a presença do Bispo Auxiliar de Braga, D. Nuno Almeida, que também vai presidir à Eucaristia Solene de receção à Virgem Peregrina e simultaneamente da Festa em Honra de Nossa Senhora do Carmo.

“Serão dois momentos aos quais convidamos toda a população vimaranense a associar-se, nas ruas, praças, casas e naturalmente na Montanha da Penha, com as devidas regras de distanciamento social e cumprindo todas as normas de prevenção da Covid-19”, convocou Roriz Mendes, acrescentando que nas duas eucaristias solenes “colocamos de forma especial e particular nas nossas intenções e ação de graças todos aqueles que, ao longo desta pandemia, têm dado o melhor de si em prol dos outros, todos os profissionais de saúde, bombeiros, forças de segurança, profissionais da área social, do voluntariado, da educação, enfim todos os que têm abraçado nestes dias uma verdadeira ‘cultura do cuidado’ sobretudo com os mais frágeis e necessitados”.

Além daqueles dois momentos solenes de receção da imagem da Virgem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima na cidade de Guimarães e no Santuário da Penha, a Irmandade também preparou um programa especial de cariz religioso que vai decorrer ao longo de quase dois meses no Santuário da Penha, com destaque para a Recitação do Rosário, de segunda a sexta-feira, pelas 11:30.

Notícia atualizada às 14h35 (13/07) com mais informação.

EM FOCO

Populares