Guimarães fica sem ambulância do INEM à noite

Foto: Arquivo/DR

O concelho de Guimarães vai ficar sem ambulância do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), entre a meia-noite e as 08:00 da manhã, a partir de segunda-feira, dia 01 de maio.

A informação é avançada esta sexta-feira pelo Jornal de Notícias (JN), que aponta ainda outros sete concelhos onde o reajustamento de horários irá ser levado a cabo, ficando as populações dependentes dos bombeiros, no socorro noturno.

Esta medida, de carácter temporário, deve-se à falta de técnicos de emergência pré-hospitalar e, de acordo com a mesma fonte,  a racionalização deverá vigor até final do ano. Há já dois concursos em marcha para contratar estes técnicos, mas, antes dessa altura, esses profissionais não estarão formados e aptos para tal.

A Comissão de Trabalhadores do INEM e o Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-hospitalar protestaram contra estes cortes, pelo facto de não terem sido envolvidos no processo de decisão e por receio de que a prestação de socorro possa ficar em causa.

Para além de Guimarães, Chaves, Maia, Espinho, Aveiro, Anadia, Covilhã e Amadora são os outros concelhos afetados pela medida de racionalização.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Menina de Braga terá sido treinada pela mãe para acusar avô de abuso sexual

Próximo Artigo

Atenção, Braga. Interrupção no abastecimento de água

Artigos Relacionados
x