Seguir o O MINHO

Região

Guimarães, Fafe e Famalicão no ‘top 5’ de concelhos com maior incidência cumulativa

Boletim da DGS

em

Foto: CM Guimarães / Arquivo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) voltou a divulgar, esta segunda-feira, a taxa de incidência cumulativa nos últimos 14 dias por concelho. Há três concelhos do Minho no ‘top 5’ nacional com uma taxa de incidência superior a dois mil casos por 100 mil habitantes.

Os dois concelhos com maior taxa de incidência, entre 12 e 25 de novembro, são Freixo de Espada à Cinta (3.153) e Lousada (2.415). Seguem-se, então, em terceiro Guimarães (2.293), em quarto Fafe (2.151) e em quinto Famalicão (2.107).

Apesar do nível elevado de casos, Guimarães registou uma descida da incidência de novos casos (de 2.343 para 2.293), enquanto Fafe e Famalicão subiram.

Já Vizela, que na semana passada era o concelho que ‘liderava’ a lista no Minho, desceu de 2.523 para 1.937.

No distrito de Braga, acima dos 1.000 casos há sete outros concelhos: Póvoa de Lanhoso (1.856), Barcelos (1.612), Braga (1.354), Vieira do Minho (1.436), Amares (1.197), Cabeceiras de Basto (1.133) e Vila Verde (1.017)

No distrito de Braga, os restantes concelhos têm as seguintes taxas de incidência cumulativa: Celorico de Basto (882), Esposende (995) e Terras de Bouro (393).

No distrito de Viana do Castelo, só Valença tem uma taxa de incidência acima de mil (1.415).

Os restantes concelhos têm as seguintes taxas: Caminha (812), Cerveira (404), Paredes de Coura (281), Ponte de Lima (818), Arcos de Valdevez (535), Viana do Castelo (575), Monção (448), Ponte da Barca (546) e Melgaço (383).

Segundo a nota metodológica do boletim epidemiológico, a incidência cumulativa a 14 dias de infeção por SARS-CoV-2/ COVID-19 corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada, por concelho, a 31 de dezembro de 2019, pelo Instituto Nacional de Estatística, IP, expressa em número de casos por 100.000 habitantes.

Portugal contabiliza hoje mais 78 mortos relacionados com a covid-19 e 3.262 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 4.505 mortes e 298.061 casos de infeção pelo novo coronavírus, estando hoje ativos 80.614 casos, menos 224 do que no domingo.

Relativamente aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico da DGS revela que estão internadas 3.342 pessoas (mais 97 do que no domingo), das quais 525 em cuidados intensivos (menos 11 nas últimas 24 horas).

Das 78 mortes registadas nas últimas 24 horas, 42 ocorreram na região Norte, 28 na região de Lisboa e Vale do Tejo, seis na região Centro, e duas no Alentejo.

Segundo o boletim da DGS, 55% dos novos casos de infeção situam-se na região Norte, que contabilizou nas últimas 24 horas mais 1.795 infeções, totalizando 156.485 casos e 2.139 mortos desde o início da pandemia.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 839 novos casos de infeção, contabilizando-se até agora 98.523 casos de infeção e 1.612 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 407 casos de infeção, contabilizando-se agora 29.676 e 570 mortos.

No Alentejo foram registados mais 148 novos casos, totalizando 6.158 casos de infeção e 116 mortos.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 34 novos casos de infeção, somando 5.303 casos e 49 mortos desde o início da pandemia.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 32 novos casos nas últimas 24 horas, somando 1.022 infeções detetadas e 17 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou sete novos casos nas últimas 24 horas, contabilizando 894 infeções e dois óbitos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.460.018 mortos resultantes de mais de 62,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Guimarães

Carro completamente destruído pelas chamas em Guimarães

Esta madrugada

Foto: Guimarães Digital

Um carro ficou totalmente destruído pelas chamas, na madrugada desta segunda-feira, na Rua das Tumbas, freguesia da Costa, em Guimarães.

Segundo o Guimarães Digital, do Grupo Santiago, que avança a notícia, o incêndio atingiu ainda uma outra viatura.

O alerta foi dado à 01:20.

Os Bombeiros de Guimarães mobilizaram quatro operacionais e uma viatura.

Desconhecem-se as causas do incêndio.

A PSP registou a ocorrência.

Continuar a ler

Região

Marcelo com 291.554 votos no Minho. Ana Gomes com 55.128 e Ventura com 49.458

Eleições presidenciais 2021

Resultados no distrito de Viana do Castelo. Fonte: MAI

Marcelo Rebelo de Sousa foi o claro vencedor das eleições presidenciais que decorreram este domingo, não só em todo o país, mas também no Minho. O ‘professor’ reeleito obteve 56.937 votos no distrito de Viana e 234.617 no de Braga, totalizando 291.554.

Segue-se uma luta ‘renhida’ entre Ana Gomes e André Ventura, com o segundo lugar a ‘sorrir’ à embaixadora socialista. Ana Gomes obteve 44.780 dos votos no distrito de Braga e 10.348 no de Viana, totalizando 55.128.

Já André Ventura conseguiu 10.177 votos no distrito de Viana e 39.281 no de Braga, totalizando 49.458.

Em quarto lugar, uma surpresa (ou talvez não). Vitorino Silva ‘conquistou’ 13.622 votos no distrito de Braga e 3.583 no distrito de Viana, totalizando 17.205.

Resultados no círculo eleitoral do distrito de Braga

Freguesias apuradas: 347

Freguesias por apurar: 0

Concelhos apurados: 14

Concelhos por apurar: 0

Percentagem dos candidatos

Marcelo Rebelo de Sousa 63,93%

Ana Gomes 12,20%

André Ventura 10,70%

Vitorino Silva 3,71%

Marisa Matias 3,43%

Tiago Mayan Gonçalves 3,25%

João Ferreira 2,78%

Outros dados das eleições Presidenciais 2021 no círculo de Braga

Inscritos: 776.394

% Votos brancos: 1,62%

% Votos nulos: 0,95%

% Votantes: 48,52%

% Abstenção: 51,48%

Resultados no círculo eleitoral do distrito de Braga

Freguesias apuradas: 208

Freguesias por apurar: 0

Concelhos apurados: 10

Concelhos por apurar: 0

Percentagem dos candidatos

Marcelo Rebelo de Sousa 63,66%

Ana Gomes 11,57%

André Ventura 11,38%

Vitorino Silva 4,01%

Marisa Matias 3,69%

João Ferreira 3,19%

Tiago Mayan Gonçalves 2,51%

Outros dados das eleições Presidenciais 2021 no círculo de Viana

Inscritos: 237.890

% Votos brancos: 1,39%

% Votos nulos: 0,93%

% Votantes: 38,49%

% Abstenção: 61,51%

Continuar a ler

Alto Minho

Marcelo vence em Ponte de Lima. André Ventura em segundo (e Vitorino Silva em quarto)

Eleições presidenciais 2021

Já está fechada a contagem dos votos em Ponte de Lima, apontando uma vitória expressiva a Marcelo Rebelo de Sousa. André Ventura surge em segundo lugar, seguindo-se Ana Gomes. Vitorino Silva é quarto.

No concelho de Ponte de Lima, Marcelo Rebelo de Sousa conquistou o primeiro lugar colhendo 11.696 votos, André Ventura, em segundo, obteve 1.996 votos, seguido por Ana Gomes, com 1.478.

Vitorino Silva ocupa o quarto lugar, com 703 votos, Marisa Matias ficou em quinto, com 577 votos, Tiago Mayan em sexto, com 432 votos, e João Ferreira, por último, com 423 votos.

Continuar a ler

Populares