Seguir o O MINHO

Guimarães

Guimarães entre as dez “cidades culturais” de visita obrigatória, diz o The Guardian

Capital Europeia da Cultura em 2012

em

Foto: Luis Costa/Alamy

O jornal britânico The Guardian, através do suplemento de viagens, destaca a cidade de Guimarães como uma das “dez cidades capitais europeias da cultura” a visitar.


Numa publicação online de quinta-feira, é recordado que a cidade é “o berço de Portugal” e o berço do primeiro rei independente (Afonso Henriques), tendo sido capital europeia da cultura em 2012.

Os ingleses realçam o centro histórico medieval, património da UNESCO, as igrejas, a praça do Toural e, claro, o castelo com mais de 1000 anos de história.

Graças a ter sido capital da cultura, diz o mesmo jornal, foram criados novos espaços de arte de visita “obrigatória”, como é o caso da Plataforma de Artes e Criatividade ou o antigo mercado.

Os restaurantes embutidos no centro histórico e o teleférico da Penha estão também em evidência.

Anúncio

Guimarães

Crematório em freguesia de Guimarães pronto dentro de um ano

Obras públicas

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

As obras do crematório de Guimarães, no cemitério de Monchique, arrancam na próxima semana e estarão concluídas dentro de um ano, disse hoje fonte municipal.

Segundo a fonte, o investimento será suportado pela empresa que ficará com a exploração do crematório.

Situado na encosta poente da montanha da Penha, o cemitério de Monchique foi construído pela Câmara de Guimarães e inaugurado a 23 de outubro de 2004, sendo autores do projeto os arquitetos Maria Manuel Pinto de Oliveira e Pedro Mendo.

Em 2005, foi galardoado com o 1º Prémio Nacional de Arquitetura Paisagista na categoria “Espaços Exteriores de Uso Público”

Continuar a ler

Ave

Estátua de D. Afonso Henriques em Guimarães está a ser restaurada

Património

em

Foto: Paço dos Duques / Facebook

Começou esta segunda-feira a segunda fase do processo de restauro da estátua de D. Afonso Henriques, em Guimarães, da autoria de Soares dos Reis.

A intervenção é financiada pela câmara e deverá ter a duração de dez dias.

Continuar a ler

Guimarães

Hospital de Guimarães sem doentes covid nos cuidados intensivos

Coronavírus

em

Foto: DR

A Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães, está há mais de uma semana sem doentes internados com covid-19, foi hoje anunciado.

Em declarações ao Grupo Santiago, o diretor clínico daquele hospital, Hélder Trigo, adianta que ainda vão existindo internamentos nas enfermarias por causa do SARS CoV-2, mas que a evolução tem sido “favorável”.

Explica ainda que o hospital tem funcionado com normalidade, mas que continua debaixo das condições provocadas pelo plano de contingência da pandemia, como é o caso da não existência de visitas, de forma a evitar possíveis propagações do novo coronavírus dentro da unidade.

Contudo, o responsável espera que, no início do próximo mês, possam ser libertados pisos que têm uso restrito para doentes covid para a retoma de cirurgia que já se realizavam naqueles espaços.

Finaliza ainda indicando que o hospital realizou um total de 1.203 cirurgias, 781 em ambulatório e 422 em regime convencional.

Continuar a ler

Populares