Seguir o O MINHO

Ave

Guimarães: Amadeu Portilha abriu congresso em Itália

em

Modelo de boas práticas inaugurou encontro internacional de âmbito desportivo. Cidade de Turim é, este ano, Capital Europeia do Desporto.

 Uma conferência sobre os métodos utilizados por Guimarães para promover o desporto, realizada pelo vice-presidente do Município, Amadeu Portilha, abriu na passada sexta-feira um congresso internacional realizado na cidade italiana de Turim, Capital Europeia do Desporto em 2015.

 A comunicação, intitulada “A construção de uma cidade verde com o envolvimento de cidadãos ativos”, foi apresentada a uma vasta plateia onde estão representados 17 países convidados. Para este ano, a União Europeia elegeu Turim como embaixadora do desporto na Europa, enquanto Praga (República Checa) foi nomeada para 2016, Marselha (França) será capital em 2017 e Sófia (Bulgária) em 2018.

 A Associação Europeia de Capitais de Desporto (ACES) e a União Europeia atribuem anualmente o estatuto de Capital Europeia do Desporto a cidades com mais de 500 mil habitantes e o de Cidade Europeia do Desporto a localidades de 25 a 500 mil habitantes, como é o caso de Guimarães, que em Portugal foi a primeira Cidade Europeia do Desporto, em 2013.

 Em 2016, Setúbal, que concorreu com Coimbra, será a quarta cidade portuguesa a receber o título de Cidade Europeia do Desporto, depois de Maia (2014) e de Loulé (2015). A ACES elege anualmente uma Capital Europeia do Desporto e pouco mais de uma dezena de Cidades Europeias do Desporto. Além do incentivo à vertente competitiva, esta iniciativa europeia pretende promover o desporto informal e estilos de vida saudáveis.

 Do futsal, voleibol e andebol até ao rugby, boccia e ginástica, meia centena de modalidades integraram a programação de Guimarães CED 2013. A divulgação de novas práticas desportivas – como o corfebol, o speedminton e rope skiping – foi outra das imagens de marca do evento desportivo. Em 2013, foi a primeira vez que a ACES Europe instituiu o título de melhor Cidade Europeia do Desporto 2013, com Guimarães a vencer igualmente o prémio no primeiro ano de atribuição da Bandeira de Ouro.

EM FOCO

Populares