Seguir o O MINHO

em

“A José de Mello Saúde agradece aos mais de 2.900 colaboradores o profissionalismo, dedicação e contributo para a história de sucesso do Hospital de Braga”, escreve a gestão do Hospital de Braga no vídeo.


Últimas Notícias: Hospital de Braga

Anúncio

Braga

Esgotos escorrem pela rua em Vila Verde. Junta está a apurar origem do problema

Cheiro nauseabundo

em

Foto: DR

Esgotos a escorrer pela estrada provocam um cheiro nauseabundo na zona de Portela das Cabras, da União de Freguesias de Ribeira do Neiva, em Vila Verde.

A Junta adianta O MINHO que está a apurar de onde provêm os resíduos para tentar solucionar o problema.

A situação, exposta ao nosso jornal por um morador, verifica-se na zona junto à igreja, sendo que os resíduos saem por debaixo do alcatrão.

Moradores já terão denunciado o problema à Junta de Freguesia e à Câmara.

Carlos Machado, presidente da União de Freguesias de Ribeira do Neiva, confirmou a O MINHO ter sido alertado para a situação há alguns meses, mas só esta segunda-feira foi possível apurar de onde provinha o mau cheiro, uma vez que a saída dos esgotos naquele local não é constante.

“Um cidadão participou à Junta que havia um cheiro nauseabundo, passámos por lá, eu e um funcionário da Junta, mais do que uma vez e não conseguimos detetar nada, vai há meses. Aquilo não é sempre, de vez em quando é que vem esse cheiro”, conta o presidente da Junta.

Desta vez, já foi possível detetar o problema. “Ontem os nossos funcionários foram [a Portela das Cabras] desentupir uns tubos e passaram por lá e realmente cheirava e conseguiram detetar o sítio. É um tubo que não se sabe de onde vem, de um esgoto, mas tem que ser de uma casa dali, não se sabe qual, vamos apurar a situação”, adianta Carlos Machado.

O local por onde sai os esgotos foi pintado a verde para ser facilmente localizado.

Naquela zona não há saneamento.

No entendimento de Carlos Machado, aqueles tubos “já têm que estar ali há muitos anos” e podem agora ter rebentado, levando a que os esgotos escorram pela rua.

“Vamos apurar, tentar perceber de onde vem e arranjar”, sentencia o presidente da Junta.

Continuar a ler

Braga

Recuperados carros e identificado suspeito de viciação de viaturas em Póvoa de Lanhoso

Crime

em

Foto: GNR

Duas viaturas e diverso material automóvel foram apreendidos, na segunda-feira, numa operação relacionada com tráfico e viciação de viaturas, na Póvoa de Lanhoso, anunciou hoje a GNR. Foi ainda identificado e constituído arguido um suspeito de 39 anos.

A operação levada a cabo pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Póvoa de Lanhoso foi efetuada no âmbito de uma investigação relacionada com furto, recetação e viciação de viaturas e peças auto, iniciada em fevereiro deste ano, altura em que foram recuperadas três viaturas e diversas peças que deram origem ao processo.

Foto: GNR

A GNR indica que as viaturas eram furtadas na via pública nas cidades de Guimarães, Vila Nova de Gaia e Vila do Conde.

Foram realizadas 18 buscas – três domiciliárias, 14 em veículos e uma num stand automóvel – das quais resultaram a identificação de um suspeito, de 39 anos, e a recuperação de dois veículos, nove chaves de viaturas, 51 rádios e 37 quadrantes de veículo automóvel de várias marcas, 256 centralinas, seis programadores de centralinas, sete telemóveis, 3.890 euros e diverso material informático.

O suspeito foi constituído arguido e os factos remetidos para o Tribunal Judicial de Braga.

Continuar a ler

Braga

Carlos Carvalhal atacado por encapuzados em Braga. “Instinto levou-me a resistir”

Crime

em

Carlos Carvalhal. Foto: DR / Arquivo

Três encapuzados tentaram assaltar, na madrugada desta terça-feira, o treinador do Rio Ave, quando este chegava a casa, em Braga, após o jogo com o Marítimo.

O MINHO apurou que os ladrões acabaram por fugir sem levar nada.

Carlos Carvalhal contou no Facebook como tudo se passou e admite que resistiu, com a ajuda do filho, acabando com ferimentos ligeiros.

“Ontem quando regressava da Madeira para a minha residência em Braga fui atacado por três indivíduos encapuzados por volta das 2:15”, explica o técnico.

“O meu instinto levou-me a oferecer resistência (se calhar inadvertidamente) e com a ajuda do meu filho, José Carlos, conseguimos resolver a situação”, da qual, acrescenta, “resultaram algumas escoriações e um hematoma, nada de preocupante”.

Agradecendo “todas as manifestações de amizade e solidariedade”, faz um pedido: “Agradeço que não liguem para mim nem para a minha família, de forma a ajudar-nos a ultrapassar mais rapidamente esta situação.”

Carlos Carvalhal deixou ainda uma palavra de elogio à PSP de Braga que “foi prontamente chamada ao local e foram inexcedíveis no apoio após incidente”.

“Tomaram conta da ocorrência e espero que em breve capturem os responsáveis por esta tentativa de assalto”, conclui o treinador.

Fonte do Rio Ave, sexto classificado da I Liga, disse à Lusa que o treinador “está abalado, mas bem fisicamente”, e que “já esta tarde estará no estádio para orientar a sessão de treino”.

Notícia atualizada às 10h46.

Continuar a ler

Populares