Seguir o O MINHO

Braga

Jovens que se perderam no Gerês agradecem aos militares da GNR que os salvaram

“Reconhecimento da qualidade e diligência”

em

Momento do resgate. Foto: O MINHO

Uma jovem de 24 anos, que integrava o grupo de quatro pessoas que se perdeu no Gerês, no dia 13 de novembro, agradeceu publicamente à equipa de Busca e Resgate em Montanha, da GNR, que os resgatou quando já se encontravam em fase de desidratação.

A jovem conta que o grupo fez, “tranquilamente”, o percurso ao longo do dia, mas no último quilómetro, pelas 17:00, perderam-se e saíram do trilho.

Como estava a escurecer, contactaram o Posto de Busca e Resgate em Montanha da GNR da Vila do Gerês.

“Quero expressar, da minha parte e dos meus colegas, o reconhecimento da qualidade e diligência da equipa que veio ao nosso encontro, bem como do valor desta valência da GNR”, começa por agradecer a jovem numa mensagem partilhada pela Guarda.

E acrescenta: “Os três militares localizaram-nos rapidamente e chegaram até nós num espaço de 40 minutos. Demonstraram preocupação e disponibilizaram água, chá quente, comida, casacos e lanternas frontais”.

“Guiaram-nos de volta ao trilho e acompanharam-nos até ao carro. Ainda nos aconselharam com dicas de melhor preparação para futuros trilhos. Todo o processo foi fácil e fomos abordados, acima de tudo, com boa disposição e profissionalismo”, acrescenta a jovem de 24 anos, acabando a prometer que, numa próxima visita ao Gerês, irão, “certamente, mais preparados” e com “um kit de emergência”.

Como O MINHO noticiou, a GNR resgatou, no dia 13 de novembro, quatro turistas, na Serra do Gerês, que estavam perdidos e em fase de desidratação, com as temperaturas a baixarem muito.

O socorro foi solicitado poucos minutos depois das 18:00, quando escurecia, na fase em que o grupo procurava regressar à zona da Portela do Leonte, onde tinha o automóvel estacionado, junto à Casa Florestal, mas ficou desorientado, contactando o 112.

Uma patrulha de militares especialistas da GNR foi no encalço dos turistas, vindo-os já a encontrar nas imediações do antigo Abrigo de Pastores do Vidoal, numa zona muito alta, algures entre as freguesias de Campo do Gerês e de Vilar da Veiga.

Os turistas ficaram aliviados assim que chegaram os operacionais oriundos do Posto de Busca e Resgate em Montanha do Gerês da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro da GNR, que desde o verão deste ano se encontram em permanência no denso território do Parque Nacional da Peneda-Gerês, para acorrerem de imediato a este tipo de situações inopinadas.

Populares