Seguir o O MINHO

Braga

Grupo de Braga (com fusão estratégica) já lidera mercado das ‘casas inteligentes’

Grupo Bernardo da Costa

em

Foto: DR / Arquivo

O Grupo Bernardo da Costa, através da nova empresa Atouch Winwel, passa a liderar o mercado da domótica em Portugal, anunciou, esta terça-feira, o coletivo empresarial de Braga.

A nova empresa, liderada por Ricardo Costa e Augusto Miranda, resulta da fusão entre as empresas A-Touchinter e Winwel, para dar lugar à nova firma que já tem presença assegurada no mercado internacional, em países como Tunísia, França, Suíça, Luxemburgo, Argélia e Brasil.

A A-Touchinter e a Winwel fundiram-se para dar lugar ao maior grupo nacional fabricante de Domótica. A-Touch Winwel será a marca sob a qual se irá operar sob a gerência de Ricardo Costa e Augusto Miranda.

“O processo de fusão foi iniciado no segundo trimestre de 2019 e concluído no final do ano”, explica Ricardo Costa, CEO do Grupo Bernardo da Costa.

A firma, sediada em Braga, conta com uma equipa de 16 colaboradores.

Ricardo Costa assegura que esta fusão “faz da nova empresa líder nacional no desenvolvimento e fabrico de soluções de domótica aliando a funcionalidade ao design e à simplicidade, uma nova realidade facilitadora do quotidiano”.

Já Augusto Miranda aponta a nova gama de produtos alargada e uma nova robustez empresarial, “que se refletiu já no ano de 2019, com o início do processo de fusão e que se traduziu num crescimento de 73% face ao ano de 2018”.

Duarte Geraldes, diretor-geral da nova Atouch Winwel, antevê que o futuro próximo irá trazer novas funcionalidades e novas gamas de produtos.

É dado o exemplo da “Atouch wifi, sem necessidade de recorrer a ligações por cabo, evitando obras, o Apple Home Kit, o Google Assistant, uma nova app para interagir ainda com maior facilidade com a sua casa, assim como Din DNS Integrado e Push Notifications”.

A longo prazo, esperam invadir outros mercados, como Grécia, Espanha ou Bélgica, de forma integrada com as grandes marcas, e atingir o volume de negócio a rondar o milhão de euros, em 2020.

Populares