Gravações do filme sobre António Variações no Rio Homem - O MINHO
Redes Sociais

Gravações do filme sobre António Variações no Rio Homem

Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

Braga

Gravações do filme sobre António Variações no Rio Homem

As gravações do filme sobre António Variações estão a decorrer desde o início da manhã desta quinta-feira, na margem esquerda do Rio Homem, da freguesia de Fiscal, em Amares.

Vídeo: Joaquim Gomes/O MINHO

O realizador João Maia e a sua equipa de filmagens da produtora David & Golias, filmam neste momento o compasso pascal de uma para a outra margem do Rio Homem, tradição antiga na freguesia de Fiscal, desde tempos imemoriais, quando ainda não existia a atual ponte rodoviária que liga com os lugares mais recônditos da localidade, todos paróquia dos pelo padre Joaquim Costa.

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

A Banda Filarmónica de Santa Maria do Bouro (Amares), dirigida pelo maestro Fábio Oliveira, como é tradição, seguiu nas barcas, a animar o compasso pascal, recreado propositadamente para esta cena do filme, em que António Ribeiro (Variações), ainda criança, se incorporava no trajeto, que para ir a todas as casas levar a Cruz a beijar, tinha de ser atravessado o leito do Rio Homem, já que alguns lugares da freguesia de Fiscal ficam do ladocfa margem direita do Rio Homem.

O filme, “Variações”, está numa fase final das gravações, prevendo-se que entre em exibição já no próximo ano de 2019, ocasião em que António Variações, de seu nome António Ribeiro, faria 75 anos de idade.

A população de Fiscal e das freguesias vizinhas compateceu em peso para nas imediações assistir às filmagens desta produção, que constitui um projeto já antigo de João Maia, argumentista e realizador, bem como do ator Sérgio Praia, que dez anos depois da peça de teatro, interpreta agora no cinema a personagem de António Variações.

A Secção de Mergulho dos Bombeiros Voluntários de Amares está presente desde o início destas gravações para garantir que os trabalhos decorram com segurança.

Entre as pessoas que estão a assistir às filmagens, encontram-se dois irmãos de António Variações, o irmão Carolino Ribeiro e a irmã Maria Amélia Ribeiro, esta última recordando as vivências do irmão António Ribeiro (Variações), enquanto o irmão Carolino lamentou que a vida privada do malogrado cantor e cabeleireiro ” venha ao de cima”.

Acerca das causas da morte, Carolino Ribeiro disse que pelo menos a versão oficial nunca foi de SIDA e sobre se António Variações seria ou não homossexual, afirmou “ainda hoje não ter a certeza”, mas ” ele nunca o assumiu, hoje em dia as coisas já seriam talvez diferentes a esse respeito”.

Mais Braga