Seguir o O MINHO

Alto Minho

Governo apresenta projeto para melhorar cobertura móvel na Peneda-Gerês

em

O Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, preside à Cerimónia de Apresentação do Projeto de Interesse Público para a Melhoria da Cobertura de Comunicações Eletrónicas Móveis no Parque Nacional da Peneda-Gerês, esta sexta-feira, 05 de maio, às 10:30, na Porta de Lamas de Mouro, em Melgaço.

O projeto a apresentar, recorde-se, surge dois meses depois de a Câmara Municipal de Melgaço ter culpado as operadoras telefónicas pela morte de um homem de 67 anos, em Castro Laboreiro. A 13 de fevereiro, a autarquia socialista, apontava que, após um acidente de trator, que vitimou o sexagenário, os meios de socorro não foram imediatamente accionados porque os telemóveis não funcionavam e a rede fixa estava cortada desde 3 de fevereiro, durante dez dias.

“Ontem faleceu um homem de 67 anos. O habitante de Castro Laboreiro sofreu um despiste num trator agrícola no lugar de Ribeiro de Baixo. A rede neste local é muito deficitária, apesar das muitas diligências da autarquia junto de todas as operadoras“, denunciou na altura aquela autarquia do Alto Minho.

“É lamentável que ontem, para se pedir socorro, tivesse sido necessário ir ao centro da Vila de Castro Laboreiro. Era o local mais próximo com rede. Percorreram-se cerca de 4 quilómetros, quando uma chamada de telemóvel no local poderia ter sido crucial! Continuam a haver portugueses de primeira e portugueses de segunda”, lamentou o autarca, Manoel Batista.

Em nota enviada esta quinta-feira a O MINHO, sublinhando o facto de o Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG) ser o único no país com este estatuto de classificação, no quadro do Sistema Nacional de Áreas Classificadas, o Governo explica que a medida a apresentar consta do ‘Plano-Piloto de prevenção de incêndios florestais e de valorização e recuperação de habitats naturais no Parque Nacional da Peneda-Gerês’, que surgiu em outubro do ano passado.

“Uma das 11 medidas que o Plano Piloto compreende visa a ‘Melhoria da Cobertura da Rede Móvel’ e deve estar operacional em momento anterior à época de maior risco de incêndios de 2017”, refere o Governo.

“Os incêndios florestais, que afetaram o país e assolaram o PNPG na última década, desencadearam a adoção de um conjunto de iniciativas , com destaque para a melhoria dos instrumentos de prevenção e redução do risco de incêndios”, explica.

O Projeto de Interesse Público para a Melhoria da Cobertura de Comunicações Eletrónicas Móveis no Parque Nacional da Peneda-Gerês, a apresentar esta sexta-feira, em Melgaço, tem por objetivo melhorar a rede móvel de modo a reduzir ‘zonas sombra’, permitir a comunicação entre as forças de segurança e melhorar as condições de segurança dos turistas nos trilhos do PNPG.

“Neste projeto de interesse nacional, importa destacar o papel das Câmaras Municipais de Melgaço, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Terras de Bouro, Montalegre e Vieira do Minho, que desde o primeiro momento se associaram a esta iniciativa”, refere o Governo, acrescentando que “de igual modo, há que realçar o empenho dos operadores de telecomunicações Meo, NOS e Vodafone, bem como da EDP Distribuição e do ICNF”.

 

Populares