Seguir o O MINHO

Futebol

“Gostávamos de ter mais jogadores, mas não foi possível”

Leandro Mendes

em

Foto: DR (Arquivo)

Declarações dos treinadores adjuntos de Rio Ave e Moreirense, no final da partida da sexta jornada da I Liga portuguesa de futebol, que os vila-condenses venceram por 2-0:

Leandro Mendes (treinador adjunto Moreirense): “Demos uma boa resposta, mesmo com as limitações. Não entrámos bem no jogo, mas melhorámos e só nos faltou mais agressividade no setor ofensivo. Não tivemos a capacidade de ferir mais o Rio Ave, mas até chegámos com facilidade às zonas de ataque.

Gostávamos de ter mais jogadores, mas não foi possivel. Temos de nos agarrar ao que temos e tenho de enaltecer os meus jogadores. Fizemos um bom jogo e isso é de louvar, mas faltou-nos mais agressividade atacante.

(sobre as dificuldades de preparar o próximo jogo com as ausências por covid-19) Ausência do treinador e de jogadores limita sempre, mas com trabalho temos de contornar essas condicionantes. Sabemos que vamos defrontar um adversário competente já na próxima jornada [o Paços de Ferreira], mas temos qualidade para isso e vamos potenciar os nossos jovens.”

Augusto Gama (treinador adjunto Rio Ave): “Mostrámos que estamos a crescer na qualidade de jogo. A vitória foi importantíssima, porque queríamos dar sequência ao triunfo da semana passada.

O Moreirense é uma equipa boa, mas metemos em campo a nossa qualidade e identidade. Tivemos boa circulação e oportunidades de golo. Foi uma vitória muito merecida e até podia ter sido por outros números.

(sobre a subida na classificação) Somos uma equipa que quer andar nos lugares de cima da tabela e ganhar os jogos todos. As grandes equipas não se cansam de vencer e nós queremos manter esta onda.

(sobre a ausência de Mário Silva) Mantivemos contacto com ele de forma a que eu passasse as indicações aos atletas.”

Populares