Seguir o O MINHO

Futebol

Golo de Trincão dá vitória a Portugal no jogo de estreia no Mundial de sub-20

Vianense do SC Braga

em

Foto: DR / Arquivo

Francisco Trincão lançou hoje Portugal da melhor forma no Mundial de futebol de sub-20, ao marcar o golo ‘madrugador’ da vitória sobre a Coreia do Sul, por 1-0, na primeira jornada do grupo F.

O tento do jogador vianense do SC Braga, logo aos sete minutos, parecia abrir caminho para um triunfo ‘folgado’ da seleção nacional perante os vice-campeões asiáticos, só que as dificuldades lusas acentuaram-se com o desenrolar do encontro, deixando cair a ‘tese’ de uma vitória expressiva.

Portugal sobe, assim, ao primeiro lugar do grupo F, com três pontos, sendo que ainda hoje Argentina e África do Sul disputam a outra partida do agrupamento, em Tychy, às 19:30 (hora de Lisboa).

Na terça-feira, a seleção nacional defronta a Argentina, novamente em Bielsko-Biala.

A formação inicial portuguesa foi a esperada, tendo Hélio Sousa apresentado João Virgínia na baliza, atrás de uma defesa composta por Diogo Dalot, Diogo Queirós, Diogo Leite e Rúben Vinagre. No meio-campo, as escolhas recaíram em Florentino, Gedson e Miguel Luís, enquanto o ataque ficou entregue a Trincão, Jota e Rafael Leão.

Apesar de dois ligeiros ‘sustos’ logo no arranque, que obrigaram João Virgínia a afastar o perigo, Portugal não precisou sequer de 10 minutos para se adiantar no marcador, num contra-ataque conduzido por Jota e finalizado por Trincão.

A dinâmica imprimida pela ‘equipa das quinas’ no último terço criou dificuldades ao adversário e o segundo tento esteve próximo de surgir em duas ocasiões, por Trincão e Rafael Leão, este último numa ‘bicicleta’, que passou a escassos centímetros do poste.

Lee Jisol tentou ‘espevitar’ a Coreia do Sul, mas o cabeceamento nem sequer incomodou Virgínia, sendo que, na sequência, Rafael Leão impôs o seu poderio físico e velocidade, mas Lee Gwangyeon evitou o golo do avançado do Lille.

Ainda assim, e tal como Hélio Sousa tinha antevisto, os sul-coreanos mostraram ser uma equipa que não se deixa estar muito tempo por baixo no jogo e, mesmo não criando grandes situações na primeira parte, causou alguns incómodos, ainda que beneficiando de um claro ‘abrandamento’ de Portugal.

A seleção portuguesa começava a revelar algumas dificuldades para entrar no último terço do oponente, não encontrando soluções para ‘ferir’ o adversário na zona mais perigosa (o meio), além de que alguns jogadores surgiram algo ‘presos’ e com pouca explosão, como foram os casos de Gedson ou Rafael Leão.

Os sul-coreanos ganharam ascendente no segundo tempo e, além de um par de situações em que poderiam ter empatado, dispuseram de uma oportunidade soberana, só que Cho Youngwook não tirou partido da absoluta passividade lusa num canto.

Ainda assim, a vitória não escapou ao comandados por Hélio Sousa, que já tinha realçado a importância de entrar numa competição destas, de curto período, logo com um triunfo.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Futebol

SC Braga B goleado pelo Benfica, que fica mais perto do título da II divisão de futebol feminino

Futebol Feminino

em

Foto: Divulgação / SL Benfica / Arquivo

A equipa de futebol feminino do Benfica colocou, este domingo, uma ‘mão’ no título de campeã da segunda divisão, ao golear fora o SC Braga B por 9-0, em jogo da primeira mão da final.

Depois de vencer a sua série, na primeira fase, e a zona sul, na segunda, as ‘encarnadas’ iniciavam hoje a discussão do título com as vencedoras da zona norte, o Braga B, impedido de subir à Liga principal, como equipa satélite.

Ainda assim, as bracarenses ganharam o direito a disputar o título nacional do escalão secundário, mas o Benfica voltou a mostrar ter uma equipa de I Liga, difícil de ser travada pelas adversárias da divisão em que se estreou no futebol feminino.

No campo nº 2 da Cidade Desportiva do Sporting de Braga, o Benfica já vencia ao intervalo por 5-0, com golos de Ana Vitória (cinco minutos), Patrícia Llanos (nove e 23), Yasmin (21) e Daiane (28).

Na segunda parte, Ana Vitória chegou aos quatro golos no jogo, ao apontar mais três (54, 86 e 90 minutos), num período em que Diva Meira também marcou, aos 80.

O Benfica, que já assegurou a subida à I Liga, juntamente com o Cadima – segundo classificado da zona norte -, já tinha conquistado a Taça de Portugal, batendo na final o Valadares Gaia (4-0) e depois de eliminar o SC Braga.

No apuramento do campeão da II Liga, diante da equipa B das bracarenses, a segunda mão está agendada para o próximo domingo, em 23 de junho, no terreno da equipa lisboeta.

Continuar a ler

Futebol

FC Famalicão arranca a 01 de julho com Vitória na lista de amigáveis

Regresso à I Liga

em

Foto: FC Famalicão / Arquivo

O Famalicão vai arrancar a pré-época em 01 de julho e defrontar o Vitória e o Desportivo das Aves, entre outros clubes, anunciou hoje o emblema que está de regresso à I Liga portuguesa em futebol.

O primeiro jogo de preparação do Famalicão, que será orientado por João Pedro Sousa, ex-adjunto de Marco Silva no Everton (Inglaterra), será no dia 06 de julho, contra a recém-criada equipa de sub-23 do emblema minhoto.

Em 10 de julho, também no Municipal de Famalicão, o clube da casa receberá o Santa Clara, seguindo-se o estágio em Quiaios, na Figueira da Foz, entre 14 e 20 de julho.

Durante o estágio, o Famalicão defrontará o Vitória, no dia 14, a Académica, dia 17, e o Feirense, a 20.

Por fim, o Famalicão visita o Desportivo das Aves a 24 de julho.

O arranque da pré-temporada do clube de Vila Nova de Famalicão, que após 25 anos de ausência está de regresso ao principal escalão do futebol português, está marcado para 01 e 02 de julho, com os habituais exames médicos.

Continuar a ler

Futebol

SC Braga com quatro jogadores na seleção de futebol de praia nos Jogos Europeus

SC Braga e Sporting, com o mesmo número de jogadores, dominam a convocatória

em

Foto: Divulgação / SC Braga (Arquivo)

Madjer lidera a lista final de 12 jogadores escolhidos pelo selecionador português de futebol de praia, Mário Narciso, para os Jogos Europeus, que decorrem de 21 a 31 de junho, em Minsk, e que é dominada pelo SC Braga, que recentemente se sagrou tricampeão europeu, e pelo Sporting, ambos com quatro jogadores.

Em relação à pré-convocatória com 15 futebolistas, Mário Narciso fez sair Pedro Mano, Pedro Silva e Ricardo Baptista, segundo divulgou, na sexta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol no seu sítio oficial na Internet.

A seleção portuguesa concentra-se na quarta-feira em Sesimbra, onde iniciará o estágio de preparação, com dois jogos de preparação com GD Alfarim, em 20 de junho, e GD Sesimbra, em 21, antes de viajar para a capital da Bielorrússia.

Nos Jogos Europeus, a equipa das ‘quinas’ integra o Grupo A, no qual defrontará em 25 de junho a Suíça, em 26 a Roménia e em 27 a Bielorrússia. Os dois primeiros seguem para as meias-finais.

O Grupo B é formado por Espanha, Rússia, Itália e Ucrânia.

Na edição de 2015, em Baku, Portugal conquistou a medalha de bronze, ao vencer a Suíça por 6-5 no jogo de atribuição do terceiro lugar, depois de cair nas meias-finais face à Rússia (1-2), que se sagraria campeã, na final com a Itália (3-2).

As modalidades representadas nos Jogos Europeus, que terão a sua segunda edição, são atletismo, badminton, futebol de praia, canoagem, ciclismo (estrada, contrarrelógio e pista), ginástica (artística, trampolins, aeróbica e acrobática), judo, karaté, lutas amadoras, tiro, tiro com arco, tiro com armas de caça e ténis de mesa.

– Lista de 12 convocados:

Rúben Brilhante (ACD Sótão), João Gonçalves (Casa Benfica de Loures), Elinton Andrade (Flamengo/Bra), André Lourenço (GR Amigos Paz), Bruno Torres (SC Braga), Jordan Santos (SC Braga), Tiago Petrony (Sporting), Rui Coimbra (Sporting), Nuno Belchior (Sporting), Bê Martins (SC Braga), Léo Martins (SC Braga) e Madjer (Sporting).

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares