Seguir o O MINHO

Braga

GNR sensibiliza utentes das praias do Gerês a cumprir distâncias de segurança

Desconfinamento

em

Foto: Reprodução / Facebook

Militares da GNR encontram-se, durante esta tarde, a sensibilizar os utentes das praias fluviais da zona do Gerês, de forma a que estes cumpram as normas de decreto publicado pelo Governo.


Fonte da GNR disse a O MINHO que, para já, incluindo o dia de ontem, não houve registo de grandes incumprimentos ou de desacatos das ordens dos militares.

“Estamos a assegurar que se cumprem as medidas de segurança recomendadas pela Direção-Geral de Saúde, como é o caso de uma distância segura entre grupos e a proibição de aglomerados de mais de dez pessoas”, disse a fonte.

“Para já, não tem havido problemas, as pessoas estão a acatar as nossas recomendações”, acrescentou.

Os utentes das praias devem assegurar um distanciamento físico de 1,5 metros entre diferentes grupos e afastamento de três metros entre chapéus de sol, toldos ou colmos, a partir de 06 de junho, determinou hoje o Governo.

De acordo com o plano de desconfinamento divulgado, estão “interditas atividades desportivas com duas ou mais pessoas, exceto atividades náuticas, aulas de surf e desportos similares”.

Nos toldos, colmos e barracas de praia, “em regra, cada pessoa ou grupo só pode alugar de manhã (até 13:30) ou tarde (a partir das 14:00)”, com o máximo de cinco utentes.

Ao contrário de anos anteriores em que a época balnear arrancava em 01 de junho, este ano começa em 06 de junho, devido à situação de pandemia da covid-19, determinou o Conselho de Ministros.

Relativamente ao estado de ocupação das praias, vai existir “sinalética tipo semáforo”, em que a cor verde indica ocupação baixa (1/3), amarelo é ocupação elevada (2/3) e vermelho quer dizer ocupação plena (3/3).

Segundo o Governo, a informação sobre o estado de ocupação das praias vai ser “atualizada de forma contínua, em tempo real”, designadamente na aplicação ‘Info praia’ e no sítio na internet da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Neste âmbito, vai estar “interdito o estacionamento fora dos parques e zonas de estacionamento ordenado” para acesso às praias.

Portugal entrou no dia 03 de maio em situação de calamidade devido à pandemia, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

O Governo aprovou novas medidas que entraram hoje em vigor, entre as quais a retoma das visitas aos utentes dos lares de idosos, a reabertura das creches, aulas presenciais para os 11.º e 12.º anos e a reabertura de algumas lojas de rua, cafés, restaurantes, museus, monumentos e palácios.

Anúncio

Braga

Braga entre as 10 cidades europeias a quem os turistas não dão o devido valor

A cidade de Braga foi considerada uma das 10 mais subvalorizadas na Europa pela produtora WatchMojo, um dos maiores canais do YouTube com mais de 13 bilhões de visualizações e 22 milhões de subscritores. Para a empresa canadiana, Braga é a segunda cidade mais subvalorizada da Europa, muito por culpa de Porto e Lisboa estarem a tornar-se em destinos preferenciais na Europa. Imagens: Mojo

em

Foto: DR

A cidade de Braga foi considerada uma das 10 mais subvalorizadas na Europa pela produtora WatchMojo, um dos maiores canais do YouTube com mais de 13 bilhões de visualizações e 22 milhões de subscritores. Para a empresa canadiana, Braga é a segunda cidade mais subvalorizada da Europa, muito por culpa de Porto e Lisboa estarem a tornar-se em destinos preferenciais na Europa. Imagens: Mojo

Continuar a ler

Braga

Câmara de Braga vota repavimentação da maior via urbana da cidade (e apoio à APAV)

Assembleia Municipal

em

Foto: DR

A Câmara de Braga vota, hoje, em reunião do Executivo a proposta de adjudicação por 699 mil euros à construtora local ABB- Alexandre Barbosa Borges, da repavimentação da Avenida Padre Júlio Fragata, na freguesia de S. Vítor, a via urbana com mais intensidade de trafego médio diário anual do concelho.

A obra – diz a Divisão de Obras do Município – justifica-se pelo “atual elevado estado de degradação do pavimento, o que põe em causa os critérios de segurança da circulação”.

Os vereadores debatem e votam, também, uma medida que prevê o apoio anual de dez mil euros à delegação local da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. A iniciativa tem em conta, “a importância da promoção de serviços de apoio capazes de dar resposta, de uma forma próxima, qualificada e humanizada, às necessidades e expectativas dos cidadãos vítimas de infrações penais”.

Na mesma reunião, será ainda discutida uma proposta de rejeição das competências, nas áreas da saúde e da educação, que o Governo se propõe passar para os municípios e para as comunidades intermunicipais em 2021.

Continuar a ler

Braga

Vila Verde honrou Senhora do Alívio

Religião

em

Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Com máscara obrigatória e o devido distanciamento, as festas em honra da Senhora do Alívio, em Soutelo, Vila Verde, culminaram hoje com a eucaristia matinal, celebrada pelo arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga.

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Em tempos de pandemia, a população acatou as regras da DGS e utilizou máscara, mesmo tratando-se de uma missa campal, celebrada nos jardins do santuário do Alívio.

Continuar a ler

Populares