Seguir o O MINHO

Ave

GNR oferece “baptismo” de comboio e de avião a crianças desfavorecidas de Cabeceiras de Basto

em

Vinte crianças oriundas de famílias desfavorecidas de Cabeceiras de Basto vão ter, na sexta-feira, a possibilidade de andar de avião e de comboio pela primeira vez, num passeio até Lisboa oferecido pela GNR, foi hoje anunciado.

Selecionados pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Cabeceiras de Basto, os contemplados com a viagem têm ainda em comum o facto de apresentarem bom desempenho escolar.

A iniciativa é do Comando de Braga da GNR, através da Secção de Programas Especiais (SPE) do Destacamento de Guimarães, em parceria com a Câmara de Cabeceiras de Basto.

Em comunicado, a GNR refere que alguns dos objetivos deste projeto são fomentar e valorizar as relações interpessoais e “satisfazer o ímpeto exploratório e a curiosidade intelectual” daquelas crianças desfavorecidas relativamente às rotinas/regras de segurança das grandes cidades.

Promover o desenvolvimento de aptidões para a vida real, a compreensão do mundo dos adultos e a aquisição de atitudes e valores são outros dos objetivos.

“Procura-se também proporcionar uma aprendizagem direcionada para a prevenção e segurança rodoviária de uma forma lúdica e interativa, através da experimentação de várias situações de trânsito, bem como possibilitar a experiência e a contextualização da utilidade dos vários tipos de transporte”, acrescenta.

As crianças, todas do 4.º ano, vão de autocarro até ao Porto, “apanhar” o avião para Lisboa.

Na capital, têm agendadas visitas ao Palácio de Belém e ao Museu da GNR, tendo o almoço lugar no 4.º esquadrão de Cavalaria da GNR.

A meio da tarde, as crianças rumam à estação de Santa Apolónia, para a viagem de regresso, de comboio.

A GNR sublinha que o avião e o comboio são meios de transporte “completamente novos” ou “muito pouco conhecidos” para a maiora das crianças em causa.

Anúncio

Famalicão

Conselho Estratégico do PSD debate em Famalicão propostas para melhor política de educação

Conselho Estratégico Nacional (CEN) é responsável pela elaboração do Programa Eleitoral para as próximas Eleições Legislativas

em

David Justino, coordenador nacional do CEN. Foto: Divulgação / Arquivo

“Descentralização administrativa na Educação”. É este o tema escolhido pelo Conselho Estratégico Nacional (CEN) do PSD para um debate que decorre hoje, segunda-feira, pelas 21:30, na Casa das Artes em Vila Nova de Famalicão.

De acordo com o coordenador distrital da CEN, Emídio Guerreiro, a conferência, que terá como ponto de partida de análise e discussão, a experiência do Município na matéria, conta com intervenções de Leonel Rocha, vereador local da Educação e Jonas Maciel, diretor do agrupamento escolas de Gondifelos.

O encerramento está a cargo de David Justino, coordenador nacional do CEN e ex-ministro da Educação.

Em setembro haverá um segundo debate no distrito sobre os problemas da educação e respetivas propostas para um plano de governo a apresentar aos eleitores, intitulado “que escola temos, que escola queremos!” e que centrará a discussão em torno de aspetos como os da avaliação e da flexibilidade curricular.

Continuar a ler

Guimarães

Charles Lloyd em novembro na abertura do festival Guimarães Jazz

Saxofonista norte-americano

em

O saxofonista norte-americano Charles Lloyd abrirá em novembro o festival Guimarães Jazz, cuja 28.ª edição se apresenta com uma visão baseada “na estrita pulsação do presente”, anunciou hoje a organização.

Charles Lloyd, o “superlativo saxofonista” que aos 81 anos está “em pleno fulgor criativo”, como apresenta o festival, regressa ao Guimarães Jazz a 07 de novembro, com um concerto no Centro Cultural Vila Flor em formato quinteto.

O Guimarães Jazz contará com 13 concertos repartidos entre 07 e 16 de novembro, programando com “uma visão baseada não em passadismos inconsequentes, nem em futurismos estéreis e já ultrapassados, mas na estrita pulsação do presente”.

Além de Charles Lloyd, o festival assinala ainda o regresso a Portugal do saxofonista norte-americano Joe Lovano (13 de novembro) e as atuações do baterista holandês Han Bennink com a ICP Orchestra (11 novembro) e do percussionista mexicano Antonio Sánchez (08 novembro), premiado pela banda sonora do filme “Birdman”, de Iñárritu.

Dos Estados Unidos chegarão também a Guimarães dois pianistas nascidos nos anos 1970 e, segundo a organização, conectados com o presente: Vijay Iyer e Craig Taborn, a 09 novembro, com uma atuação intitulada “The Transitory Poems”.

A Orquestra de Guimarães atuará a 14 de novembro com a vocalista e compositora sueca Lina Nyberg, para interpretar “Terrestrial”, o último capítulo de uma trilogia musical que é um “extraordinariamente criativo e politicamente pertinente manifesto em defesa da natureza”.

Este ano, além da parceria com a Porta Jazz, haverá uma nova colaboração com o coletivo Sonoscopia. Com ambos haverá atuações de músicos como Miguel Moreira, Rui Rodrigues, Gustavo Costa e Julius Gabriel.

Continuar a ler

Guimarães

Centro histórico de Guimarães recebe sessões de ciência e observação de morcegos

Atividades decorrem durante o período do verão

em

Foto: DR

Observação de morcegos no Castelo de Guimarães, sessões de Ciência no Centro Histórico e histórias para crianças misturadas com muitas experiências, no jardim da Biblioteca Municipal Raul Brandão – são algumas das atividades que o Curtir Ciência promove até 15 de setembro, em vários pontos do concelho de Guimarães, no âmbito do “Ciência Viva no verão (Em Rede)”.

As sessões de “Ciência na Praça” realizam-se todas as quintas-feiras a partir de 18 de julho e até 12 de setembro (com exceção de 15 de agosto, feriado nacional), a partir das 16:00 horas, dedicadas a temas distintos: viscosidade, bolas de sabão, canetas 3D, robótica e instrumentos de navegação.

Estão programados dois percursos de observação de morcegos, um pela cidade e outro no Castelo de Guimarães, guiados por Daniel Ferreira, monitor científico do Curtir Ciência com trabalho académico sobre este grupo de seres vivos tão importante para o equilíbrio dos ecossistemas.

O programa não esquece as sessões de Astronomia, uma em agosto, outra em setembro, no cenário singular do Castelo de Guimarães, assim como “Geologia na Cidade”, dois percursos pelo Centro Histórico de Guimarães para explorar a sua história e os seus recursos geológicos.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares