GNR desmantela grupo que furtava camionetas e 4×4 a pedido no Minho

Buscas em Braga, Vila Verde e Amares
Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

A GNR de Braga desmantelou um grupo suspeito de furtar camionetas e viaturas de todo o terreno (4×4) sempre a pedido de cinco suspeitos de recetação, com buscas hoje em suas casas, oficinas, armazéns, em Braga, Vila Verde, Amares e Felgueiras.

O MINHO apurou estarem em causa pelo menos oito furtos, com o valor total ascender a cerca de 120 mil euros, o que vinha sucedendo já desde dezembro de 2023, com dois homens a furtarem camionetas e veículos 4×4, por solicitação de cinco outros.

Estes cinco, indiciados por crimes de recetação, aproveitariam para desmantelar depois as viaturas furtadas, aproveitando as peças, que por sua vez colocavam em outros veículos das mesas marcas e modelos, ocultando assim a sua proveniência ilícita.

As investigações criminais do Comando Territorial de Braga da GNR apuraram que antes de serem levados os veículos furtados para o seu destino final, ficavam alguns dias em outros locais para o caso de terem localizador de GPS e de serem recuperados.

As buscas decorreram em casas e estabelecimentos dos sete suspeitos, dois por crimes de furtos qualificados e cinco por crimes de recetação de artigos furtados com epicentro em Braga, em especial na zona da União de Freguesias de Morreira e Trandeiras.

Os operacionais da GNR de Braga começaram as buscas ao início da manhã desta segunda-feira, tendo decorrido por algumas horas, com destaque para Trandeiras e a freguesia vizinha de Esporões, Maximinos, São Vicente e Palmeira, todos em Braga.

As buscas da GNR foram também realizadas em Vila Verde (Oleiros e Rio Mau) e Amares (Ferreiros), para além de Felgueiras (Pinheiro), sendo que os furtos dos veículos, verificaram-se em Braga, Vila Verde, Amares, Vieira do Minho, Fafe e Felgueiras.

A investigação foi desencadeada pela Guarda Nacional Republicana e seguiu para o Ministério Público da Comarca de Amares, cuja juíza de instrução criminal emitiu vários mandados judiciais de busca e de detenção visando todos os principais suspeitos.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

EuroDreams: Estrangeiro ganha ‘salário’ de 2.000 euros durante 5 anos. Em Portugal saíram prémios de 88 euros

Próximo Artigo

Já chove no Minho

Artigos Relacionados
x