Seguir o O MINHO

Braga

GNR da Póvoa de Lanhoso apanha burlona em Gaia

Crime

em

Foto: O MINHO / Arquivo

Militares do Núcleo de Investigação Criminal da GNR da Póvoa de Lanhoso constituíram ontem arguida uma mulher de 27 anos, em Gaia, por burlar uma vítima da região de Braga através de plataforma online.

Após investigação, a Guarda explica que a suspeita anunciou a venda de um telemóvel, no valor de 500 euros, através de uma plataforma online.

A vítima, após fazer o pagamento de metade desse valor, conforme acordado, não recebeu o bem e deixou de conseguir contactar a vendedora, que usou nome, moradas e contactos telefónicos falsos.

No seguimento das diligências policiais, a GNR localizou a suspeita e realizou duas buscas, uma domiciliária e outra em veiculo, onde foi possível apreender o telemóvel utilizado na prática da burla.

A suspeita foi constituída arguida e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Póvoa de Lanhoso.

Populares