Seguir o O MINHO

Braga

GNR cria posto no Gerês para socorrer turistas que caem ou se perdem nos trilhos

A partir de 15 de maio

em

Foto: O MINHO

A partir de 15 maio, a vila do Gerês, em Terra de Bouro, vai ter um Centro de Socorro e Resgate de Montanha criado pela GNR para acudir aos turistas que se perdem na serra ou que sofrem acidentes em cascatas ou em percurso pedestres.

O presidente da Câmara de Terras de Bouro, Manuel Tibo, adianta que posto, com 16 efetivos, funcionará no Centro de Animação Termal da vila.

O Parque Nacional da Peneda-Gerês recebe centenas de turistas por dia no verão, alguns dos quais sofrem quedas graves em cascatas ou nos rios Homem e Gerês, havendo outros que se desorientam em plena montanha, tendo de ser socorridos, já de noite.

O Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR havia já criado uma equipa de busca e resgate em montanha pronta a intervir em locais de difícil acesso como os do Parque Nacional.

A equipa de quatro elementos, com preparação específica, e apoiada por uma viatura de busca e resgate, estava afeta à Companhia do GIPS distribuída pelos distritos de Braga e de Viana do Castelo.

Dispõe de uma viatura todo-o-terreno adaptada para acolher o equipamento necessário para operações de salvamento. Inclui três tipos de maca: uma para resgatar vítimas em espaços confinados, caso dos poços, outra com flutuantes para evitar afogamentos na água e uma terceira para vítimas politraumatizadas.

Cada militar tem o seu equipamento, mas a viatura transporta ainda mochila de primeiros socorros; cordas; material para içar as vítimas na vertical e até berbequins para fazer furos na rocha se for necessário um ponto de fixação.

Populares