Seguir o O MINHO

Futebol

Gil Vicente não vence na Liga há sete jogos

Empate (1-1) com o Portimonense

em

Gil Vicente e Portimonense falharam hoje o regresso às vitórias na I Liga de futebol, ao empatarem 1-1 em encontro da oitava jornada, revelando pouca acutilância para se distanciarem dos lugares de despromoção.


No Estádio Cidade de Barcelos, os algarvios inauguraram o marcador aos 40 minutos, por intermédio do avançado Aylton Boa Morte, mas os minhotos restabeleceram a igualdade no sexto minuto de compensação da primeira parte (45+6), através de uma grande penalidade concretizada pelo brasileiro Sandro Lima.

Apesar de conservar a invencibilidade caseira na prova, o Gil Vicente somou o sétimo jogo sem triunfos e caiu para o 15.º posto, com sete pontos, enquanto o Portimonense é 16.º, com seis, e só venceu um dos últimos nove duelos para todas as competições, precisamente, no Estádio Cidade de Barcelos, para a fase de grupos da Taça da Liga.

Numa partida inédita para o campeonato, os dois conjuntos acentuaram as cautelas defensivas nos minutos iniciais, apesar da urgência em conquistarem pontos.

Os pupilos de Vítor Oliveira, que confiou no ‘onze’ que afastou o Penafiel da Taça de Portugal, mostraram maior ‘atrevimento’ com a bola, fruto de uma tentativa de longe de Lourency, aos nove minutos, e um remate ‘embrulhado’ de Kraev, aos 19.

A atuar na expectativa, a formação de António Folha, que operou seis mexidas face à derrota no terreno da Académica para a ‘prova rainha’, só conseguiu criar perigo num canto desviado por Jackson Martínez, aos cinco minutos, e num contra-ataque conduzido por Bruno Tabata, aos 20.

Só depois da meia hora regressou alguma emoção ao desafio, com Sandro Lima a desperdiçar na ‘cara’ de Ricardo Ferreira, após cruzamento de Kraev na direita. Na resposta, aos 40, Tabata desmarcou Aylton Boa Morte, que ‘picou’ a bola sobre Denis e assinou o segundo tento na I Liga.

O golo demorou três minutos a ser validado pelo videoárbitro (VAR) e a vantagem algarvia durou apenas cinco minutos, porque Lucas Possignolo rasteirou Baraye na área, originando um penálti convertido por Sandro Lima, em cima do intervalo.

O Portimonense regressou para o segundo tempo com mais rotação, criando perigo pelos pés de Tabata (59) e Marlos Moreno (87), mas a produção global das duas equipas decaiu a pique com o avanço do relógio e nem as substituições introduziram algum rasgo no último terço.

Prova disso foi a incapacidade manifestada pelo Gil Vicente em criar oportunidades que consumassem a reviravolta, num jogo monótono em que acabou reduzido a dez unidades, devido ao duplo amarelo exibido a Claude Gonçalves, aos 89 minutos.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Cidade de Barcelos, em Barcelos.

Gil Vicente – Portimonense, 1-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Aylton Boa Morte, 40 minutos.

1-1, Sandro Lima, 45+6 (grande penalidade).

Equipas:

– Gil Vicente: Denis, Fernando Fonseca, Nogueira, Rúben Fernandes, Henrique (Arthur, 47), Claude Gonçalves, Soares, Kraev, Yves Baraye (Zakaria Naidji, 65), Sandro Lima e Lourency (João Afonso, 65).

(Suplentes: Bruno Diniz, João Afonso, Zakaria Naidji, Arthur, Juan Villa, Leonardo e Samuel Lino).

Treinador: Vítor Oliveira.

– Portimonense: Ricardo Ferreira, Emmanuel Hackman, Lucas Possignolo, Jadson, Rodrigo Freitas, Fernando Medeiros, Lucas Fernandes, Pedro Sá, Bruno Tabata, Jackson Martinez (José Gomes, 52) e Aylton Boa Morte (Marlos Moreno, 82).

(Suplentes: Samuel Portugal, Rómulo Machado, Marlos Moreno, Anderson Oliveira, Luquinhas, José Cevallos e José Gomes).

Treinador: António Folha.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Lucas Possignolo (56), Claude Gonçalves (66 e 89), Nogueira (69) e Rodrigo Freitas (78). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Claude Gonçalves (89).

Assistência: 3.860 espetadores.

Anúncio

Futebol

Nelson Semedo assina pelo Wolverhampton

Mercado de transferências

em

Foto: Divulgação / Wolverhampton Wanderers

O futebolista português Nelson Semedo assinou hoje um contrato de três temporadas com o Wolverhampton, que pagou 30 milhões de euros ao FC Barcelona, anunciaram hoje os dois clubes.

De acordo com os ‘blaugrana’, o conjunto inglês vai pagar 30 milhões de euros, aos quais podem acrescer mais 10 por variáveis, pelo lateral direito, de 26 anos.

O contrato com o ‘wolves’ será até junho de 2023, com a opção de o prolongar por mais duas temporadas.

Com formação no Sintrense, de onde se mudou para o Benfica em 2012/13, época em que esteve emprestado ao Fátima, Semedo estreou-se na equipa principal das ‘águias’ em 2015/16, transferindo-se para o FC Barcelona em 2017/18.

No Wolverhampton, treinado por Nuno Espírito Santo, Nelson Semedo vai encontrar os compatriotas Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Vítor Ferreira, Pedro Neto, Daniel Podence e Fábio Silva.

Continuar a ler

Futebol

Gil Vicente adianta que jogo com Portimonense “não está em risco”

Covid-19

em

Foto: DR

O Gil Vicente considera que, mesmo sem treinar no relvado devido à covid-19, o jogo de domingo com o Portimonense, para a I Liga portuguesa de futebol, “não está em risco”, adiantou hoje à Lusa fonte do clube.

O plantel está a preparar a receção aos algarvios, relativa à segunda jornada e agendada para as 16:00 de domingo, com treinos individuais a partir das casas dos futebolistas, depois das autoridades de saúde terem impedido os treinos conjuntos na semana passada, face aos 18 casos positivos identificados no clube minhoto, entre 11 e 13 de setembro.

O novo coronavírus infetou 10 jogadores, cinco elementos da equipa técnica e da restante estrutura do futebol, incluindo o treinador principal, Rui Almeida, e três pessoas sem ligação ao futebol profissional, informou a mesma fonte.

Segundo fonte do clube, ainda nenhuma das pessoas infetadas recuperou, mas os restantes elementos do futebol gilista apresentaram resultados negativos nas duas rondas de testes ocorridas na semana transata e vão ser novamente testados 48 horas antes do jogo com o Portimonense, de acordo com o regulamento da Liga de Clubes.

O embate com a turma de Portimão pode marcar a estreia dos ‘galos’ na edição 2020/21 da I Liga, depois do encontro da primeira ronda, com o Sporting, em Lisboa, previsto para as 18:30 do passado sábado, ter sido adiado para a semana entre 12 e 16 de outubro.

O jogo entre Sporting e Gil Vicente, duas equipas com casos confirmados de covid-19, foi o primeiro do principal campeonato português a ser adiado, depois das autoridades de saúde terem decidido “não estarem reunidas as condições necessárias” para a sua realização.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 965.760 mortos e mais de 31,3 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.925 pessoas dos 69.663 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Futebol

David Tavares no Moreirense por empréstimo do Benfica

Mercado de transferências

em

Foto: DR

O médio David Tavares rumou hoje ao Moreirense por empréstimo do Benfica até ao final da temporada, anunciou hoje o clube da I Liga de futebol, que recebe o 12.º reforço para 2020/21.

“O Moreirense Futebol Clube – Futebol SAD informa que chegou acordo com o Benfica para a cedência temporária do atleta David Tavares até ao final da época”, referem os ‘cónegos’, numa nota publicada no sítio oficial do emblema vimaranense na Internet.

David Tavares, de 21 anos, integrou os juniores do Benfica em 2016/17, após passagens pelas camadas jovens de Atlético Tojal, Loures e Sporting, e somou 36 minutos e duas aparições pela equipa principal das ‘águias’ em 2019/20, sob orientação de Bruno Lage.

Vinculado ao vice-campeão até junho de 2024, o internacional sub-19 português falhou todos os jogos de pré-temporada com Jorge Jesus e estava a trabalhar na equipa B até arranjar colocação, preparando-se para a estreia no principal escalão.

David Tavares junta-se aos guarda-redes Kewin e Miguel Oliveira, aos defesas Matheus Silva, Ferraresi, Pedro Amador e Reynaldo, ao médio Gonçalo Franco e aos avançados Derik Lacerda, Felipe Pires, Lucas Rodrigues e Yan como reforços do Moreirense.

Os ‘cónegos’ estrearam-se na edição 2020/21 da I Liga com um triunfo caseiro diante do recém-promovido Farense (2-0) e visitam o Benfica no sábado, às 18:30, no Estádio da Luz, em Lisboa, num encontro relativo à segunda jornada.

Continuar a ler

Populares