Seguir o O MINHO

Braga

Gigante norte-americana compra agência digital de Braga

Empresa dos Estados Unidos funciona em mais de 180 países

em

Foto: Divulgação

A Uphold, detentora de uma plataforma aberta de dinheiro digital a funcionar em mais de 184 mercados, avançou com a aquisição da Scytale, uma agência digital fundada por antigos alunos da Universidade do Minho.

O antigo CEO da Scytale e agora responsável pela área de Engenharia da Uphold, Nuno Ferreira, garante que “este é um grande desafio para a nossa equipa. Há muito tempo que sentíamos que era preciso reforçar o nosso trabalho de consultoria. Vamos construir, implementar e melhorar continuamente soluções para um negócio global”.

Presente em mais de 184 países, a Uphold, que integra o ecossistema da Startup Braga, dará agora oportunidade à antiga equipa da Scytale de implementar as suas soluções tornando possível “fazer parte da história”, como sublinha Nuno Ferreira.

Sobre a integração da Scytale no ecossistema da Uphold, Tiago Ribeiro, co-CTO do gigante americano, garante que o objetivo passa por “tornar as transações financeiras perfeitas, fáceis e acessíveis aos Clientes, sendo o apoio da equipa da Scytale essencial para a concretização desses objetivos, graças às soluções que já trabalham”.

A Uphold é a empresa criadora de uma plataforma de dinheiro digital aberta, confiável e transparente que permite aos usuários aceder com rapidez e segurança moedas tradicionais, criptomoedas e outros investimentos num só lugar. A sua plataforma já permitiu o movimento de mais de 4 biliões de dólares em transações, num total de 184 países, em mais de 30 moedas suportadas.

A plataforma Uphold garante o acesso a uma ampla gama de moedas e investimentos disponíveis num só lugar, sendo a única empresa a publicar em tempo real o volume das reservas. O gigante norte americano conta com escritórios em São Francisco, Nova Iorque, Portugal, Londres e Cidade do México.

Fundada em Braga em 2011 por três alunos da universidade do Minho, dedicou-se ao desenvolvimento de produtos digitais feitos por medida sendo que a grande maioria do mercado era exportação. Contava, no momento da aquisição, com uma equipa de aproximadamente 20 membros muito qualificados e experientes na construção de produtos digitais escaláveis.

Uma das indústrias onde a empresa tinha uma vasta experiência era em FinTech, particularmente no mercado britânico, o que tornava a sua experiência ainda mais atrativa para a Uphold.

Anúncio

Braga

Braga: Ambulância abalroada por condutor que não parou no sinal vermelho

Viatura ficou “muito danificada”

em

Foto: Arquivo

Uma ambulância do INEM dos Bombeiros Sapadores de Braga ficou “muito danificada”, esta segunda-feira à noite, na sequência de uma colisão provocada por um condutor que não terá parado num sinal vermelho.

Segundo O MINHO apurou, o incidente deu-se na Avenida do Estádio, cerca das 21:20, quando a ambulância se preparava para entrar no quartel, ali situado.

Apesar do aparato do choque e dos danos materiais, não há feridos a registar.

Continuar a ler

Braga

PSP de Braga cria equipas para “resposta imediata” à criminalidade violenta

EPRI’s – Equipas de Prevenção e Reação Imediata

em

Foto: Facebook de Comando Distrital de Braga da PSP

O Comando Distrital de Braga da PSP dispõe, a partir de hoje, de Equipas de Prevenção e Reação Imediata (EPRI), para uma “maior eficácia” no combate à criminalidade, em particular à violenta e grave.

Em comunicado, a PSP refere que as EPRI visam garantir uma resposta “rápida e eficaz” àquele tipo de ocorrências criminais, designadamente ao roubo.

Para o efeito, sublinha o comunicado, a ação policial deve pautar-se por uma maior mobilidade em ambiente urbano, “que permita uma ação mais dinâmica, visando reduzir o tempo de resposta, inviabilizar a prática de ilícitos criminais e neutralizar as fugas de suspeitos”.

“Esta adequação passou pela constituição de equipas operacionais que se desloquem em motociclos, qualificando-se pela sua elevada capacidade reativa, considerando o seu grau de mobilidade num meio urbano, caracterizado por fluxos rodoviários saturados e por vezes com larguras de via reduzidas”, acrescenta.

Segundo a PSP, as EPRI contribuem para operacionalizar e dar corpo aos conceitos de “Polícia Integral e Segurança ‘Just in Time’ (mesmo a tempo), aliando uma elevada capacidade operacional, marcada pelo efeito dissuasor, rapidez e versatilidade, à forte componente de visibilidade policial”.

Foto: Facebook de Comando Distrital de Braga da PSP

Com as EPRI, que começaram hoje a trabalhar em toda a área de responsabilidade da PSP no distrito de Braga, pretende-se, desde logo, complementar o patrulhamento apeado e automóvel com o aumento da visibilidade e facilidade de deslocação.

Aumentar o sentimento de segurança dos cidadãos e das comunidades e reforçar a resposta policial nas áreas mais problemáticas e em relação aos fenómenos criminais mais graves, não só através da celeridade de reação mas também com caráter preventivo, são outros dos objetivos.

As EPRI pretendem ainda responder a ocorrências que comportem elevados graus de ameaça ou de risco.

Continuar a ler

Braga

Motociclista ferido após choque com automóvel, na rotunda de Celeirós, em Braga

Vítima sofreu ferimentos ligeiros

em

Foto: Cedida a O MINHO

Um homem de 35 anos sofreu hoje ferimentos considerados ligeiros, na sequência de uma colisão de uma mota, em que seguia, com um automóvel, na rotunda de Celeirós, em Braga.

Segundo disse a O MINHO fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), no local estiveram os Bombeiros Voluntários Famalicenses, que transportaram a vítima ao Hospital de Braga.

O alerta foi recebido cerca das 13:11.

A GNR de Braga tomou conta da ocorrência.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares