Seguir o O MINHO

Futebol

Gama (SC Braga) e Nabian (Vitória) erguem troféu na Flórida ao serviço de Portugal

Sub-15 levantam troféu da CONCACAF

em

Foto: FPF / Divulgação

Os futebolistas Tomás Gama e Herculano Nabian, de Sporting Clube (SC) de Braga e Vitória Sport Clube (SC), respetivamente, foram titulares na vitória da seleção nacional de sub-15 na final do Torneio CONCACAF, realizada no passado domingo, na Flórida, Estados Unidos da América (EUA).

Gama e Nabian alinharam de início no ‘onze’ de Joaquim Milheiro, levando de vencida a Eslovénia por 2-0, depois de cinco vitórias e um empate nos seis jogos realizados durante toda a competição.

Foto: FPF / Divulgação

Também Gonçalo Esteves [FC Porto], atleta natural de Arcos de Valdevez, e irmão do lateral direito dos dragões Tomás Esteves, alinhou na final da competição, como suplente utilizado.

Portugal venceu Barbados (6-0), Trinidad e Tobago (3-0), Haiti (7-0), EUA (3-0) e Eslovénia (2-0), tendo empatado com a Costa Rica ainda na fase de grupos (2-2).

Na final frente aos eslovenos, os golos foram marcados por Diogo Prioste (Benfica) e Francisco Silva (Belenenses), aos 44 e 65 minutos, respetivamente.

Ficha de Jogo
Eslovénia 0-2 Portugal
Miami, EUA.

Árbitro: Selvin Brown (Honduras)

Eslovénia: Nejc Dermastija, Gasper Cerne, Gal Puconja, Kristjan Trdiin, Tom Kljun, Jan Rovsek, Srdan Kuzmic, Nejc Klasnja, Matjaz Kamensek (Cap.), Denis Leban e Peter Ceferin.
Jogaram ainda: Jernej Belinc, Enej Marsetic e Nik Zrnec.
Suplentes não utilizados: Aljaz Bozic, Tihomir Maksimovic, Ziga Korosec e Crt Rotar.
Treinador: Tomaz Petrovic
Golos: -.
Disciplina: -.

Portugal: André Gomes, António Teixeira, Gabriel Costa, Francisco Silva, David Monteiro, Diogo Prioste (Cap.), Marco Cruz, Herculano Nabian, Lucas Rodrigues, Ricardo Marques e João Faria.
Jogaram ainda: Diogo Monteiro, Gonçalo Esteves, Dario Essugo, Tiago Octávio, Diego Moreira e Youssef Chermiti
Suplentes não utilizados: Diogo Pinto.
Treinador: Joaquim Milheiro
Golos: 0-1 Diogo Prioste (44′), 0-2 Francisco Silva (65′).
Disciplina: cartão amarelo para Dario Essugo (70’+2).

Anúncio

Futebol

Conselho de Disciplina instaura processo ao Sporting

Arremesso de tochas estará na base da penalização do clube de Alvalade

em

Foto: DR/Arquivo

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou, esta terça-feira, um processo disciplinar ao Sporting, na sequência dos incidentes registados no encontro com o Benfica, da I Liga.

A instauração do processo aos leões consta do mapa de castigos da 17.ª jornada da I Liga, divulgado esta terça-feira no sítio oficial da Liga Portuguesa de Futebol Profissional na Internet.

Na sexta-feira, durante o encontro, que o Benfica venceu por 2-0, com dois golos de Rafa, o árbitro Hugo Miguel foi obrigado a interromper a partida durante mais de cinco minutos, no início da segunda parte, devido ao arremesso de tochas e potes de fumo para o relvado.

Deste jogo resultaram ainda multas ao Benfica no total de 3.698 euros, por comportamento incorreto do público.

Durante o dérbi lisboeta, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) deu conta de pedido de reunião urgente com ministro da Administração Interna, que foi agendada para segunda-feira, dia 27 de janeiro, às 11:30.

Continuar a ler

Futebol

Casa do Benfica em Braga novamente vandalizada

Vandalismo

em

Foto: Facebook

A Casa do Benfica em Braga foi vandalizada, segundo denúncia feita hoje, nas redes sociais. Na sua página de Facebook, aquele espaço partilha uma imagem do local, acompanhada por uma mensagem: “E apesar de tudo… Continuamos em primeiro!”

Em setembro do ano passado, depois de idênticos atos, o clube de Lisboa emitiu um comunicado a repudiar o sucedido. “Depois de terem sido partidos todos os vidros no último mês, agora foi atirada tinta para toda a fachada, como se constata nas imagens que publicamos nesta fotogaleria”, lamentava.

A casa número 7 do Benfica, fundada a 20 de março de 1971, funciona, desde 2017, na Rua de São Vicente, na cidade de Braga.

Continuar a ler

Futebol

“Queremos vencer” a Taça da Liga

Vitória quer ser fiel à sua “ideia” para derrotar FC Porto

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

O treinador Ivo Vieira pediu hoje que o Vitória SC seja à sua “ideia de jogo” para derrotar o FC Porto e atingir a final da Taça da Liga de futebol, na meia-final de quarta-feira, em Braga.

Depois de SC Braga e Sporting decidirem hoje, às 19:45, quem ocupa a primeira vaga na final de sábado, os vimaranenses, primeiros classificados do Grupo B da competição, e os ‘dragões’, vencedores do Grupo D, vão disputar a presença no encontro decisivo, num jogo que o técnico vitoriano espera “difícil”.

“Espero um FC Porto forte, mas acima de tudo um Vitoria motivado e confiante, acreditando muito na sua ideia de jogo. A equipa vai, acima de tudo, pensar muito no que pode fazer e lutar muito por conquistar um espaço na final. Vai ser um jogo difícil para ambas as partes”, afirmou, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro que está também agendado para as 19:45.

À espera de um “apoio massivo” dos adeptos do Vitória na bancada nascente do Estádio Municipal de Braga, o treinador de 44 anos lembrou ainda que “não há uma margem que possa ser recuperável” para um próximo jogo, razão pela qual pediu aos seus pupilos que “joguem olhos nos olhos” com a formação treinada por Sérgio Conceição.

Ivo Vieira considerou ainda que a turma minhota já é capaz de equilibrar os jogos frente a adversários mais cotados do futebol nacional, mas tem de começar a traduzir esses desempenhos em resultados.

“Não temos tido resultados abonatórios contra as equipas ditas ‘grandes’. Nós também o somos e temos de equilibrar essa questão. Temos tido tanta qualidade de jogo e tantas oportunidades como essas equipas fortes, mas a diferença faz-se nos golos”, reconheceu.

Apesar de o FC Porto ter perdido o seu mais recente jogo na I Liga, na receção ao SC Braga (2-1), o ‘timoneiro’ vitoriano recusou acreditar em “fragilidades” e em “maus momentos” do próximo adversário, tendo preferido salientar o “plantel valioso, competitivo e bem orientado” dos ‘azuis e brancos’.

No primeiro duelo entre as duas equipas nesta época, em setembro de 2019, para a I Liga, que os ‘dragões’ venceram por 3-0, Ivo Vieira apresentou um ‘onze’ sem ponta de lança, mas avisou que a “melhor abordagem estratégica” no passado não é necessariamente a melhor agora.

Sexto classificado da I Liga, o Vitória SC é a pior classificada das quatro presentes na ‘final four’, mas o treinador rejeitou que a sua equipa é aquela que parte com “menor pressão”, já que venceu um grupo no qual estava o Benfica, líder do campeonato, e tem a “responsabilidade” de jogar bem.

Ivo Vieira revelou ainda que, na sequência de uma reunião em que esteve presente, os agentes do futebol português equacionam dar ao vencedor da Taça da Liga um lugar de acesso às competições europeias.

O Vitória SC, vencedor do Grupo B da Taça da Liga, e o FC Porto, vencedor do Grupo D, defrontam-se na quarta-feira, numa meia-final agendada para as 19:45, no Estádio Municipal de Braga.

Continuar a ler

Populares