Seguir o O MINHO

Braga

Freguesia de Braga recupera fonte antiga após população não ter gostado da nova

Tenões

em

A fonte nova e a antiga. Foto: DR

A União de Freguesias de Nogueiró e Tenões, em Braga, vai repor, segunda-feira, a forma original da fonte de Entre Bouças, que data de 1887, após a construção de uma nova, para melhorar a sua funcionalidade, que não agradou aos moradores.

O seu presidente, João Tinoco, disse a O MINHO que visto que a fonte, sita em Tenões, estava degradada, pediu parecer aos técnicos da Câmara, tendo ficado decidido fazer-se uma nova fonte, ainda que com os elementos semelhantes à que lá estava.

“Propuseram a construção de uma outra fonte com melhores condições, já que na existente até para beber água seria obrigatório ajoelhar no chão, e, também, porque se limitava a ter uma bica incrustada num muro tosco, que vertia água para uma taça enterrada que lhes parecia ter sido aproveitada de uma outra fonte”, explicou, adiantando que a obra da nova fonte foi feita.

Fonte Nova. Foto: DR

Fonte antiga. Foto: DR

Dias depois, e por ter constatado que os residentes tinham a fonte antiga em grande apreço, em especial por ter 124 anos, a Junta reuniu-se, tendo decidido repor a fonte inicial.

Ontem, o Bloco de Esquerda veio a público criticar o desmantelamento da fonte e exigir a sua reposição integral, “respeitando assim a memória do lugar e a vontade dos moradores daquela zona”.

O BE recorda que, em 2019, em reunião da Assembleia de Freguesia, foi apresentada uma recomendação à Junta para que esta procedesse a uma reparação da fonte de Entre Bouças, posto que “apresentava um estado de abandono e degradação pouco digno que um equipamento antigo e de grande valor sentimental para muitos dos moradores da zona”.

“O Bloco considera que a destruição de património só pode ser justificada por motivos de força maior, sendo que se desconhece que motivos são esses, pelo que aguarda que a Junta dê todas as explicações que se impõem”, afirma o partido, em comunicado.

Populares