Seguir o O MINHO

Futebol

“Fizemos um grande jogo diante de um adversário de elevadíssimo nível”

Carlos Carvalhal

em

Declarações após o jogo da quarta jornada do grupo G da Liga Europa de futebol entre SC Braga e Leicester, que hoje decorreu em Braga (3-3).

Carlos Carvalhal (treinador do SC Braga): “Foi um grande jogo de futebol, um jogo espetacular, até parece que jogámos com uma equipa de um campeonato secundário, mas, até há uma semana, era o primeiro classificado do campeonato inglês.

Os nossos jogadores foram fantásticos na abordagem ao jogo, tínhamos a clara intenção de ganhar, fizemos uma primeira parte espetacular, fizemos nove remates, o Schmeichel fez defesas incríveis e o resultado ao intervalo podia ter sido outro, o que daria mais conforto.

Não me parece que tenhamos surpreendido o Leicester, estive a falar com o treinador deles, ele viu o nosso jogo com o Benfica e disse que já tinha gostado da nossa equipa em Inglaterra [há três semanas, na derrota por 4-0].

A segunda parte foi diferente, perdemos energia na frente, [sobretudo] o Ricardo Horta, que teve uma lesão prolongada, e o Iuri Medeiros também. Temos um plantel curto e com a lesão do Gaitán não temos capacidade para, nas substituições, refrescar e dar mais velocidade ao ataque.

O Leicester, com a entrada de jogadores frescos e de grande capacidade encostou-nos atrás, fizeram o 2-2, mas nós ainda tivemos força mental e física para o 3-2. Quando ninguém esperava, o adversário fez o 3-3.

O resultado ajusta-se pelo que foram os 90 minutos, fomos melhores na primeira parte e eles foram melhores na segunda. A minha satisfação não é pelo ponto conquistado, mas pelo grande jogo que fizemos diante de um adversário de elevadíssimo nível, jogámos olhos nos olhos e sem qualquer receio.

Não posso dizer que foi injusto, porque o adversário é de elevado nível, uma equipa muito poderosa, sempre boa [independentemente de quem jogue]. É uma satisfação grande ver a nossa equipa jogar a este nível e quem sabe se no próximo jogo não vamos ganhar no último minuto.

Parece um grupo fácil, mas as equipas são traiçoeiras, o Zorya tem fragilidades, mas também tem muitos pontos fortes, ganhou 3-0 ao AEK, o que não me surpreendeu. Temos o apuramento nas nossas mãos, melhor teria sido ganhar hoje, estava praticamente definido, mas temos dois jogos para o garantir”.

Brendan Rodgers (treinador do Leicester): “O SC Braga dominou a primeira parte, na qual nós estivemos muito lentos, mas, na segunda parte, acelerámos o ritmo e fomos melhores. Era importante não perder e merecemos o ponto. Estamos muito felizes por passar à próxima fase, mas a nossa ambição é vencer o grupo.

Sim, a entrada do Vardy e do Madison foi decisiva, definitivamente. São jogadores muito talentosos, mudámos a nossa estratégia e colocámo-los para dar outra dinâmica e eles fizeram a diferença.

O Braga e Leicester são as equipas mais fortes do grupo. Tenho acompanhado o Braga nas últimas épocas e, mesmo depois de perderem 4-0 em nossa casa, jogaram a seguir com o Benfica e ganharam. O Carlos Carvalhal é um treinador fantástico.

É a primeira vez que estou em Braga e quero dar os parabéns a todos por este magnífico estádio”.

Anúncio

Futebol

Gil Vicente perde ao ‘cair do pano’

I Liga

Foto: DR

O Gil Vicente perdeu hoje em casa frente ao Marítimo por 0-1, em jogo a contar para a 14.ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

Os gilistas sofreram o golo da derrota nos instantes finais quando, aos 87 minutos, Lucas marcou para os insulares.

(em atualização)

Continuar a ler

Futebol

“Queríamos regressar rapidamente às vitórias”

João Pedro Sousa

Imagem: FC Famalicão / Facebook

Declarações dos treinadores após a vitória do Famalicão diante do Santa Clara, por 2-1, em jogo da 14.ª jornada da I Liga de futebol, realizado nos Açores.

João Pedro Sousa – treinador do FC Famalicão: “O jogo foi muito equilibrado, com poucas oportunidades de golo. Foi um jogo importante para nós, queríamos regressar rapidamente às vitórias, vínhamos de um ciclo muito negativo e, portanto, este jogo era muito importante.

Foi um jogo difícil, o jogo não foi muito bem jogado, devido também às condições do campo, o que foi pena, porque são duas equipas que gostam de praticar bom futebol e gostam de fazer bons espetáculos.

De facto, o jogo foi muito equilibrado, com poucas oportunidades de golo, quer para uma equipa quer para outra. Não posso deixar também de realçar a competência dos nossos golos, um de penálti e outro de livre direto.

O Santa Clara obrigou ao erro, pressionou a nossa saída na fase de construção e acabou por fazer um golo. Contudo, fizemos dois, não posso deixar de achar que foi um resultado justo”..

Continuar a ler

Futebol

Famalicão vence nos Açores e sobe ao 11.º lugar da Liga

I Liga

Imagem: Sport TV

O Famalicão venceu hoje em casa do Santa Clara por 2-1, em jogo da 14.ª jornada da I Liga de futebol resultado que lhe permite subir ao 11.º lugar e fugir dos lugares de despromoção.

Os famalicenses, que se encontravas num dos lugares de descida no arranque da jornada e que não venciam há seis jogos para a Liga, adiantaram-se por intermédio de Jhonata Robert, aos 52 minutos, na conversão de uma grande penalidade, os açorianos responderam e igualaram através de um autogolo de Diogo Queirós, aos 70, mas os visitantes voltaram à vantagem aos 83, por intermédio de Lukovic.

Com este triunfo, o Famalicão saiu da zona de despromoção e saltou para o 11.º lugar, com 14 pontos, enquanto o Santa Clara ocupa o oitavo, com 15.

Continuar a ler

Populares