Seguir o O MINHO

Futebol

“Fizemos um grande jogo diante de um adversário de elevadíssimo nível”

Carlos Carvalhal

em

Declarações após o jogo da quarta jornada do grupo G da Liga Europa de futebol entre SC Braga e Leicester, que hoje decorreu em Braga (3-3).

Carlos Carvalhal (treinador do SC Braga): “Foi um grande jogo de futebol, um jogo espetacular, até parece que jogámos com uma equipa de um campeonato secundário, mas, até há uma semana, era o primeiro classificado do campeonato inglês.

Os nossos jogadores foram fantásticos na abordagem ao jogo, tínhamos a clara intenção de ganhar, fizemos uma primeira parte espetacular, fizemos nove remates, o Schmeichel fez defesas incríveis e o resultado ao intervalo podia ter sido outro, o que daria mais conforto.

Não me parece que tenhamos surpreendido o Leicester, estive a falar com o treinador deles, ele viu o nosso jogo com o Benfica e disse que já tinha gostado da nossa equipa em Inglaterra [há três semanas, na derrota por 4-0].

A segunda parte foi diferente, perdemos energia na frente, [sobretudo] o Ricardo Horta, que teve uma lesão prolongada, e o Iuri Medeiros também. Temos um plantel curto e com a lesão do Gaitán não temos capacidade para, nas substituições, refrescar e dar mais velocidade ao ataque.

O Leicester, com a entrada de jogadores frescos e de grande capacidade encostou-nos atrás, fizeram o 2-2, mas nós ainda tivemos força mental e física para o 3-2. Quando ninguém esperava, o adversário fez o 3-3.

O resultado ajusta-se pelo que foram os 90 minutos, fomos melhores na primeira parte e eles foram melhores na segunda. A minha satisfação não é pelo ponto conquistado, mas pelo grande jogo que fizemos diante de um adversário de elevadíssimo nível, jogámos olhos nos olhos e sem qualquer receio.

Não posso dizer que foi injusto, porque o adversário é de elevado nível, uma equipa muito poderosa, sempre boa [independentemente de quem jogue]. É uma satisfação grande ver a nossa equipa jogar a este nível e quem sabe se no próximo jogo não vamos ganhar no último minuto.

Parece um grupo fácil, mas as equipas são traiçoeiras, o Zorya tem fragilidades, mas também tem muitos pontos fortes, ganhou 3-0 ao AEK, o que não me surpreendeu. Temos o apuramento nas nossas mãos, melhor teria sido ganhar hoje, estava praticamente definido, mas temos dois jogos para o garantir”.

Brendan Rodgers (treinador do Leicester): “O SC Braga dominou a primeira parte, na qual nós estivemos muito lentos, mas, na segunda parte, acelerámos o ritmo e fomos melhores. Era importante não perder e merecemos o ponto. Estamos muito felizes por passar à próxima fase, mas a nossa ambição é vencer o grupo.

Sim, a entrada do Vardy e do Madison foi decisiva, definitivamente. São jogadores muito talentosos, mudámos a nossa estratégia e colocámo-los para dar outra dinâmica e eles fizeram a diferença.

O Braga e Leicester são as equipas mais fortes do grupo. Tenho acompanhado o Braga nas últimas épocas e, mesmo depois de perderem 4-0 em nossa casa, jogaram a seguir com o Benfica e ganharam. O Carlos Carvalhal é um treinador fantástico.

É a primeira vez que estou em Braga e quero dar os parabéns a todos por este magnífico estádio”.

Populares