Seguir o O MINHO

Alto Minho

Final da Taça de Desporto Escolar do próximo ano marcada para Melgaço

Anunciou Tiago Brandão Rodrigues

em

Foto: DR / Arquivo

O ministro da Educação, Desporto e Juventude informou hoje que a final da Taça de Desporto Escolar de 2020 vai decorrer em Melgaço, distrito de Viana do Castelo, estimando a presença de 1.000 estudantes e mais de 100 professores.

“É algo importante para o território de Melgaço, para a Escola de Desporto e Lazer do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), mas também para o Centro de Estágios que é absolutamente fantástico e que tem condições únicas para receber eventos como este”, afirmou Tiago Brandão Rodrigues.

O governante, que falava hoje em Viana do Castelo à margem da assinatura de um protocolo com o Sport Clube Vianense ao abrigo do Programa de Reabilitação de Infraestruturas Desportivas (PRID) 2019, adiantou que aquele evento desportivo “reunirá, na sua fase final, cerca de 1.000 alunos do 7ºano de escolaridade e mais de 100 professores”.

“Na fase final na Taça de Desporto Escolar os alunos competirão em atletismo, ténis de mesa, andebol e basquetebol”, destacou realçando “a possibilidade daquele concelho “poder receber uma importante atividade do Desporto Escolar”.

Para Tiago Brandão Rodrigues, trata-se de “uma prova rainha do Desporto Escolar” que transformará Melgaço na “capital do Desporto Escolar durante um fim de semana com jovens de todo o país e com professores e treinadores de todo o país”.

“A verdade é que é tão longe ir de Melgaço a Lisboa como de Lisboa a Melgaço. Por isso também é uma oportunidade para que jovens de todo o país possam vir conhecer o Alto Minho e possam experimentar o que é o bem receber do Alto Minho”, sustentou.

O ministro da Educação, Desporto e Juventude assinou hoje com a direção do Sport Clube Vianense um protocolo no âmbito do PRID 2019 que vai assegurar um financiamento de 40 mil euros para obras de beneficiação dos vestiários e dos balneários do estádio Dr. José de Matos.

Em junho, o Governo anunciou que o PRID vai ter um aumento de meio milhão de euros pelo terceiro ano consecutivo, com intuito de requalificar mais de 100 infraestruturas.

Numa nota então enviada à comunicação social, destaca-se a subida significativa da verba, uma vez que em 2017 esteve fixada em um milhão de euros, em 2018 aumentou para 1,5 milhões e este ano ascendeu a dois.

Este é terceiro ano consecutivo que mais de 100 infraestruturas serão requalificadas ao abrigo deste programa, que, para além dos dois milhões euros estipulados, pode ainda atingir os 7,5 milhões num investimento global.

O PRID tem como objetivo promover a modernização e a reabilitação do parque desportivo dos clubes e associações de Portugal continental, que colocam os seus equipamentos ao serviço das populações.

“As três edições do PRID envolvem a reabilitação de cerca de três centenas de infraestruturas desportivas, num investimento global de 13,5 milhões de euros, financiando o Governo, através do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), mais de 4,5 milhões de euros”, sintetizou o Executivo.

Anúncio

Viana do Castelo

Procissão voltou a ir ao mar em Viana do Castelo

Romaria d’Agonia

em

Foto: DR

Os barcos tradicionais voltaram a sair para as águas da costa de Viana do Castelo em mais uma edição da Procissão ao mar, inserida na Romaria d’Agonia, festas típicas do concelho de Viana do Castelo.

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Foto: Romaria d’Agonia

Estas festividades remontam a 1772, em honra da padroeira dos pescadores, Senhora da Agonia. Desde sempre, a ela acorreram homens do mar vindos do litoral português e também da Galiza. São declaradas como feriado municipal, encerrando a dia 20.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Tapetes de sal dão cor a ruas de Viana no último dia da Romaria d’Agonia

FOTOGALERIA

em

Fotos: Facebook de Romaria d'Agonia

Após uma noite longa de trabalho, Viana do Castelo acordou, esta terça-feira, vestida de sal, com os tapetes a colorirem várias ruas, no último dia da Romaria d’Agonia.

O ouro e o poema “Havemos de ir a Viana” inspiram o tapete em honra da Senhora d’ Agonia que os moradores na rua principal da ribeira criaram de ontem para hoje.

No total, segundo números da VianaFestas, entidade que organiza a Romaria d’ Agonia, são utilizadas mais de 30 toneladas de sal na confeção dos tapetes.

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Foto: Facebook de Romaria d’Agonia

Como manda a tradição, é por estes tapetes que o andor da Senhora d’ Agonia irá passar no regresso da também típica procissão ao mar e ao rio.

Continuar a ler

Alto Minho

Despiste e capotamento faz um ferido grave em Arcos de Valdevez

Na EN 101.

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Três pessoas ficaram feridas na sequência de um despiste durante a madrugada desta terça-feira em Aguiã, Arcos de Valdevez. Uma das vítimas, de 42 anos, sofreu ferimentos considerados “graves”.

Ao que O MINHO apurou, a viatura terá entrado em despiste seguido de capotamento na Estrada Nacional 101, com os três ocupantes da viatura a sofrerem ferimentos.

O alerta foi dado pelas 04:52 e ao local acorreram os Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, SIV de Arcos de Valdevez e a VMER de Viana do Castelo.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares