Seguir o O MINHO

Barcelos

Vem todos os anos da Suíça de propósito para o encontro motard de Barcelos

Concentração da Moto Galos é este fim de semana

em

Foto: O MINHO

Os rateres vão voltar a ouvir-se com força em Barcelos, este fim de semana, na concentração da Associação Clube Moto Galos. Após dois anos de interregno por causa da pandemia de covid-19, “há muita fome de gastar pneu”, nota Filipe Alves, que todos os anos vem de propósito da Suíça para ajudar na realização do evento que, desde 1998, atrai milhares de apreciadores das duas rodas à terra do Galo.

“Desde puto” que Filipe Alves, com 42 anos feitos recentemente, gosta de motas. A primeira, quando tirou a carta, logo aos 16 anos, foi uma Yamaha DT50. Depois teve “várias” pesadas, mas hoje apenas preserva a DT50 e uma Casal 5 para “andar a divertir-se com os amigos”.

Sócio da Moto Galos “há mais de 20 anos”, quase tantos quantos os de existência do clube, o encarregado de construção civil vem da Suíça para Barcelos “todos os anos de propósito” para ajudar na preparação do evento, que decorre no Parque da Cidade. E o amor pelo motoclube está bem gravado na pele, com uma tatuagem do emblema da Moto Galos no peito, feita há dez anos.

“Como o meu aniversário é na semana anterior, passo sempre 15 dias aqui no início de maio para ajudar na concentração e me divertir no fim de semana com o pessoal que vem à concentração”, conta a O MINHO.

Os trabalhos começaram na segunda-feira e o Parque da Cidade “já está todo vedado”, bem como a zona do “free style” numa rua exterior, mas que só é fechada ao início da tarde de sexta-feira, pouco antes do arranque do certame.

O encontro da Moto Galos é o primeiro do calendário motard e, portanto, ao fim de dois anos em que não houve ajuntamentos por causa da pandemia – as 23.ª e 24.ª edições foram assinaladas apenas “simbolicamente” – esta 25.ª promete muito entusiasmo.

Cartaz da 25.ª edição

“Há muita fome de gastar pneu”, observa Filipe Alves, da freguesia de Alheira, realçando que tal já tinha ficado visível no habitual desfile de pais natais em dezembro último: “Este ano superou todas as expectativas, estávamos à espera duas ou três mil motas e quando demos por ela já tinhamos para aí dez mil”.

“Estamos à espera de muita gente, não só daqui de Barcelos, também vem muito pessoal de Espanha e de Portugal continental”, observa Filipe Alves, salientando como ponto alto do encontro o Passeio das Tochas na noite de sábado. Os participantes saem nas suas motas com um acompanhante que carrega uma tocha acesa. “Barcelos fica iluminado à nossa passagem”, salienta.

Encontro começou em 1998

O Encontro Motard é o ponto alto do programa de atividades anual da Moto Galos, que contempla muitas outras componentes competitivas e de mototurismo. A concentração de Barcelos, salienta o clube, “é reconhecida como uma das mais importantes e também mais distintas do país”. E tudo começou a 17 de maio de 1998, no Bar do Jorge, em Vilar do Monte, freguesia do concelho de Barcelos, com um “programa modesto, de apenas um dia, que atraiu contudo três centenas de motociclistas”.

Cartaz da primeira edição

No ano seguinte, o evento decorreu já no Parque da Cidade, onde permanece, sofrendo um grande crescimento e afirmando-se no panorama nacional.

Em 2020 e 2021, na impossibilidade de realizar a concentração, as edições foram assinaladas de forma simbólica. Mas agora regressa à normalidade e são esperados milhares de visitantes.

“O prazer de ser motard”

Este ano, a concentração realiza-se entre a próxima sexta-feira e domingo. No primeiro dia, há demonstrações de “free style” por Acuko e Rui Armada, concerto de Remember Queen, João Dantas, Nuggyland e striptease.

Horários

No sábado, nova demonstração de “free style” por Acuko e Rui Armada, Remember Tributo 80& 90, Doutor Assério, Camisas Negras, striptease e o tradicional Passeio das Tochas.

No domingo, a concentração termina com um passeio turístico e um almoço com entrega de lembranças.

Preços

Os preços variam entre os 30 euros (inscrição completa), 15 euros (meia inscrição) ou a simples entrada no recinto (5 euros).

Filipe Alves deixa o convite: “Apareçam para desfrutar do convívio, do prazer de ser motard. Barcelos está à vossa espera”.

Populares