Fica preso no molhe do farolim de Vila do Conde após forte ondulação

Polícia Marítima

Um homem ficou isolado junto ao farolim do molhe Norte da barra de Vila do Conde, na quarta-feira, cerca das 17:00 horas, devido à forte ondulação que galgava o molhe, foi hoje anunciado.

De acordo com a Autoridade Marítima Nacional, o homem estava impossibilitando de regressar para terra em segurança, pelo que foi lançado um alerta através de um popular para o piquete do comando-local da Polícia Marítima.

Dado o elevado risco da situação, a polícia acionou o Estação Salva-vidas da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, por mar, de “forma a garantir que o homem se encontrava em segurança, monitorizando e avaliando a situação no local, no âmbito da salvaguarda da vida humana”.

Fonte: AMN

“Após garantidas as condições de segurança, e aproveitando o período de baixa-mar, em que a ondulação deixou de galgar o molhe, o homem conseguiu sair do local pelos próprios meios, encontrando-se bem e não necessitando de assistência médica”, refere comunicado da autoridade.

Fonte: AMN
Fonte: AMN 

O Comando-local da Polícia Marítima de Vila do Conde registou a ocorrência.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Atropelamento de comboio faz um morto em Famalicão

Próximo Artigo

Páscoa no Minho: Chuva e trovoada no sábado e sol a 'brilhar' no domingo

Artigos Relacionados
x