Seguir o O MINHO

Barcelos

Festival mais antigo de Barcelos já tem cartaz (e promete ser de “estouro”)

De 07 a 09 de julho

em

Última edição do Souto Rock, em 2019. Foto: João Machado / Souto Rock

Sereias, Chinaskee e Kings of the Beach são alguns dos destaque da 16.ª edição do Souto Rock, o festival em atividade contínua mais antigo do concelho de Barcelos, que está de regresso, entre 07 e 09 de julho, após dois anos de interrupção por causa da pandemia de covid-19. O cartaz conta ainda com a banda local Glass Eyed Momma e o regresso da Banda Estouro, um projeto do teatro local, que só tocou na primeira edição do festival, há 17 anos.

O festival abre em 07 de julho com ‘dj set’ do radialista Manuel Melo, mentor do programa de autor Sinfonias de Aço, na Praça Pontevedra, no centro histórico de Barcelos.

Após essa noita de quinta-feira inaugural, o Souto Rock desloca-se na sexta-feira para “casa”, ou seja, a freguesia de Roriz. Em 08 de julho, o Largo do Souto, em Roriz, recebe a música provocatória dos portuenses Sereias. A noite arranca com Silverbomb e Lonzdale’s Fantasy e termina ao som do dj set de Bosxh vs Mulher Nada.

No derradeiro dia, as festividades iniciam às 16:00, no Parque de Merendas do Outeiro (Roriz) com o regresso da Banda Estouro. Uma “mítica banda de paródia de música dos anos 80 e 90”, composta no âmbito do grupo de teatro da associação organizadora, que atuou pela primeira e última vez no festival em 2005.

A noite de sábado, 09 de julho, arranca com os barcelenses Glass Eyed Momma e os garage-rockers Mike Vhiles. O clima vai aquecer com a destrutiva performance dos galegos Kings of the Beach, seguida pelo rocker Chinaskee. A 16.ª edição do Souto Rock fecha com o dj set de Dedos Bionicos vs Lovers & Lollypops.

O Souto Rock é organizado desde 2005 pela Associação Recreativa e Cultural de Roriz.

“Este é o festival de rock mais antigo de Barcelos e tem como principal objectivo a divulgação dos bons trabalhos que se vêm fazendo no panorama musical nacional, sem esquecer as participações de novas bandas locais”, sublinha a organização.

O Souto Rock “caracteriza-se pela vontade de descentralizar e pelo esforço de aliar algumas manifestações da música independente ao mais tradicional espírito de festa, tudo num ambiente caseiro e de convívio entre amigos”.

Apesar da interrupção do festival em 2020 e 2021, o Souto Rock “continuou a cumprir o seu desígnio de promoção da cultura, da música e dos laços comunitários ao longo da pandemia”.

Nesse sentido, em 2021, realizou uma edição online do Souto Rock, revisitando os arquivos videográficos de 15 edições e tudo está disponível no canal do YouTube do festival.

Ciclo de concertos no inverno

Durante os últimos meses, a organização voltou a promover o seu habitual ciclo de concertos de inverno. O Club Souto tem trazido a Roriz nomes emergentes da música nacional e internacional, “promovendo a descentralização da cultura, fomentando a reintrodução de hábitos de consumo de música ao vivo e apoiando grupos musicais que sofreram fortes impactos com a pandemia”, assinala a organização.

A 15 de junho, o Club Souto traz a Roriz os galegos Mundo Prestigio e o portuense Pós-Saudade. Este concerto marca a estreia do Club Souto na rede cultural transfronteiriça Allvenues que visa promover pequenas salas de espetáculo, artistas e agentes de Portugal e Espanha.

Populares