Festival dedicado à música nacional em destaque no Theatro Circo de Braga

Theatro Circo Braga. Foto: DR / Arquivo

O Festival Máquina de Gelados, dedicado à música nacional, é um dos destaques da programação de verão do Theatro Circo, em Braga, que inclui também um concerto de Duda Beat e um espetáculo da Companhia de Dança Arte Total.

O Theatro Circo, num comunicado hoje divulgado, refere que “a música ocupa o espaço de programação de verão com a aposta na data única em solo nacional da rainha da ‘sofrência pop’, Duda Beat, e o regresso do Festival Máquina de Gelados dedicado a artistas nacionais, mas também com o espetáculo de dança da Companhia de Dança Arte Total, ‘Clementina|acalma-te, mãe!’”.

O Festival Máquina de Gelados vai acontecer em todas as sextas-feiras de agosto. Na primeira, 04 de agosto, Arianna Casellas e Kauê “embalarão o público numa tempestade de autor, temerosa e imponente ao ritmo tamboreiro e do cuatro (instrumento típico venezuelano)”.

Em 11 de agosto, atuam “a mais recente promessa da música portuguesa”, a multi-instrumentista Ana Lua Caiano, e os vimaranenses Unsafe Space Garden.

Para dia 18 de agosto está marcada a atuação dos conimbricenses Macadame, “cujo trabalho parte do universo da música popular portuguesa, misturando-o com sonoridades mais elétricas e eletrónicas”, e para dia 25 dos bracarenses Quadra e do projeto Tyroliro, “alter-ego e projeto a solo do músico famalicense e vimaranense Giliano Boucinha, conhecido por fazer parte de projetos como Paraguaii, Utter, Colibri ou parte integrante de Captain Boy”.

A programação de verão do Theatro Circo começa já no dia 01 de julho com um concerto de “um dos maiores astros da música pop brasileira da atualidade, Duda Beat, conhecida também por ser a rainha da ‘sofrência pop’”.

Duda Beat, nome artístico de Eduarda Bittencourt, editou na primavera de 2021 o segundo álbum de originais, “Te amo lá fora”. O álbum de estreia, datado de 2018, intitula-se “Sinto Muito”.

Nos dias 14 e 15 do mesmo mês é apresentado o espetáculo “Clementina | acalma-te, mãe!”, da Companhia de Dança Arte Total, “uma peça de dança que explora e cruza os temas da memória, da identidade de género e do feminismo, através da lente de um grupo de bailarinos cocriadores e investigadores”.

“Inspirados pela história de vida de Clementine Delait (a mulher barbuda) e pela peça de Megan Terry ‘Calm Down Mother’, o grupo de artistas foi traçando caminhos sobre as complexidades das mulheres, abordando as pressões, medos e as alegrias que acompanham os seus papéis”, lê-se no comunicado.

Em 22 de julho, “noite dupla nacional” com Caio & A Sul.

“A SUL é o nome artístico de um projeto musical composto e produzido por Cláudia Sul que trará o EP de estreia ‘Já Agora’. Caio apresentará o mais recente disco ‘Travessia’, editado em 2022, bem como temas de outros discos seus”, refere o Theatro Circo.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Projeto-piloto de semana de quatro dias arranca em 05 de junho

Próximo Artigo

Associação dos Amigos do Caminho Português de Santiago faz 30 anos

Artigos Relacionados
x