Seguir o O MINHO

Cávado

Festival de caminhadas guiadas afirma Gerês como destino de Turismo da Natureza

em

A promoção do Gerês como destino privilegiado no domínio do Turismo de Natureza é o principal objetivo do Festival de Caminhadas que decorrerá a 19 e 20 de março, em Terras de Bouro, com cinco trilhos, de acordo com o que foi anunciado esta terça-feira.

“Os trilhos são o nosso golfe”, disse o presidente da Câmara de Terras de Bouro.

Joaquim Cracel sublinhou que os trilhos escolhidos para a 4.ª edição do Festival de Caminhadas do Gerês são “particularmente bonitos”, destacando, como exemplos, a incursão à aldeia de Santa Isabel do Monte ou a reconstituição do ciclo do pão, através moinhos de água, espigueiros, sequeiras ou sistemas de rega tradicionais.

O festival será composto por um total de dez caminhadas, já que os cinco trilhos serão calcorreados em cada um dos dias do evento.

O mais curto tem 7 quilómetros e o mais longo 8,7, estando todos classificados como fáceis.

“A ideia é mesmo essa, democratizar as caminhadas, para que todos possam participar”, referiu Jorge Coelho, da Associação Gerês Viver Turismo, responsável pela organização do festival, com o apoio da Câmara de Terras de Bouro e da Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave (ATACHA).

Coelho enfatizou o facto de todas as caminhadas serem guiadas por “profissionais experientes, que conhecem bem a serra”, garantindo assim aos participantes segurança e informação acerca dos pontos de interesse dos trilhos.

“Além da caminhada propriamente dita, o festival tem associada esta vertente interpretativa, para que os participantes fiquem a conhecer um pouco melhor o Gerês e com vontade de voltar”, acrescentou.

Os guias são disponibilizados por cinco empresas de animação turística que operam essencialmente no destino Gerês.

No final de cada caminhada, haverá um convívio entre todos os participantes com a oferta do típico “caldo no pote” e de uma malga alusiva ao festival.

festival das caminhadas geres cartaz

Paralelamente ao Festival de Caminhadas, Terras de Bouro acolhe o Fim de semana Gastronómico, durante o qual 19 restaurantes locais servirão, a preços “convidativos”, o cozido à moda do concelho, com a aletria como sobremesa.

“Após uma boa caminhada, nada melhor do que um bom cozido à Terras de Bouro para retemperar energias”, disse o presidente da câmara.

Joaquim Cracel afirmou que o Fim de semana Gastronómico conta ainda com a adesão de 19 empreendimentos turísticos, que oferecerão igualmente “preços especiais” para quem quiser pernoitar no concelho.

Tudo isto, rematou o autarca, em nome da promoção do Gerês como destino “de excelência” e do combate à sazonalidade turística.

“O Gerês é bonito todo o ano, merece ser visitado todo o ano, tem muito para oferecer todo o ano”, afirmou.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Terras de Bouro. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Anúncio

Barcelos

Infetados de casa de saúde mental em Barcelos novamente testados segunda-feira

Covid-19

em

Foto: DR

Os utentes e funcionários da Casa de Saúde S. José, em Areias de Vilar, Barcelos, infetados com covid-19 serão novamente testados esta segunda-feira, apurou O MINHO.

No total, são 47 os casos positivos que foram registados há duas semanas – 42 utentes e cinco funcionários – e que agora farão novos testes, coordenados pelo ACES Cávado III Barcelos / Esposende.

O vírus terá sido propagado naquela instituição através de um funcionário.

Quando foram confirmados os casos positivos, o Instituto S. João de Deus, que gere a casa de saúde mental, referiu que, “nos casos concretos de infeção, os utentes encontram-se isolados e estão todos sem sintomatologia”.

Casa de saúde mental em Barcelos com 42 utentes e 5 funcionários infetados

A Casa de Saúde de S. José assiste 216 utentes com doença e deficiência mental e emprega 104 colaboradores. “Tendo sido detetados casos positivos de covid-19 entre os seus colaboradores, procedeu-se de imediato à testagem de toda a sua população (colaboradores, utentes e ainda prestadores de serviços)”, sublinhou na altura a instituição.

Portugal contabiliza 1.316 mortos associados à covid-19 em 30.623 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais 14 mortos (+1%) e mais 152 casos de infeção (+0,5%).

O número de pessoas hospitalizadas baixou de 550 para 536, das quais 78 em unidades de cuidados intensivos (menos dois).

Devido a uma alteração dos procedimentos de contabilização, o número de doentes recuperados passou agora de 7.705 para 17.549.

Continuar a ler

Cávado

Longas filas mas distanciamento assegurado na praia de Ofir

Calor

em

Foto; Pedro Silva / O MINHO

Centenas de pessoas dirigiram-se até ao concelho de Esposende para desfrutar das praias marítimas do distrito de Braga. Grande parte preferiu o areal de Ofir, com longas filas de trânsito a formarem-se nas imediações.

Apesar da grande adesão, foi possível verificar que, no areal, o distanciamento não só foi cumprido como ainda alargado, com distâncias de mais de cinco metros entre grupos de veraneantes. O mesmo sucede na água, com o respeito pela distanciamento social.

Foto: Pedro Silva / O MINHO

Foto: Pedro Silva / O MINHO

Foto: Pedro Silva / O MINHO

Foto: Pedro Silva / O MINHO

Foto: Pedro Silva / O MINHO

Foto: Pedro Silva / O MINHO

Os utentes das praias devem assegurar um distanciamento físico de 1,5 metros entre diferentes grupos e afastamento de três metros entre chapéus de sol, toldos ou colmos, a partir de 06 de junho, determinou o Governo.

Relativamente ao estado de ocupação das praias, vai existir “sinalética tipo semáforo”, em que a cor verde indica ocupação baixa (1/3), amarelo é ocupação elevada (2/3) e vermelho quer dizer ocupação plena (3/3).

Segundo o Governo, a informação sobre o estado de ocupação das praias vai ser “atualizada de forma contínua, em tempo real”, designadamente na aplicação InfoPraia e no sítio da APA.

Continuar a ler

Barcelos

Barcelos cria “park & ride” na periferia para diminuir trânsito na cidade

Mobilidade

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara de Barcelos abriu hoje um espaço “park & ride” em Vila Frescainha S. Martinho, que pretende assegurar resposta de estacionamento e de transporte público a quem se desloca para o centro da cidade.

Em comunicado, a câmara refere que a infraestrutua significou um investimento municipal superior a 145 mil euros e inclui um parque de estacionamento livre, uma gare de paragem para transportes coletivos de passageiros e passagens de peões.

“Com a construção deste parque numa zona mais periférica da cidade, pretendeu-se dar resposta aos munícipes que se deslocam para a cidade, permitindo-lhes ter estacionamento diurno de longa duração e não estar dependente do estacionamento na zona mais central da cidade”, acrescenta o comunicado.

O interface será realizado com o transporte coletivo (Barcelosbus) e com os modos suaves (a pé e bicicleta).

“Sendo o centro urbano um forte polo habitacional, comercial e de serviços, com o uso do automóvel como principal meio de transporte, gera-se uma pressão sobre as vias de comunicação, ao nível da circulação e do estacionamento, que importa resolver”, refere ainda o comunicado.

O espaço tem 117 lugares de estacionamento, incluindo quatro destinados a pessoas com mobilidade reduzida, áreas ajardinadas e cerca de quatro dezenas de árvores.

Citado no comunicado, o presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, refere que este projeto se insere nas políticas municipais de melhoria da mobilidade urbana, com soluções que integram a transferência modal de transporte individual para transportes públicos e para modos suaves”.

Miguel Costa Gomes destacou também o facto de a requalificação permitir o aumento da capacidade de estacionamento para os residentes daquela zona.

Continuar a ler

Populares