Seguir o O MINHO

Fotografias

Festas Gualterianas com meio milhão de microlâmpadas

em

Flores “iluminadas” decoram uma dezena de ruas no ano em que a tradicional Batalha das Flores figura no programa das festas. Formato e disposição das luzes embelezam centro da cidade. Morfologia das peças remete-nos para a natureza.

As iluminações de rua alusivas às Festas Gualterianas, este ano com meio milhão de microlâmpadas, constituem uma das atrações das festividades de São Gualter, padroeiro de Guimarães.

O Largo República do Brasil, conhecido entre os vimaranenses por Campo da Feira, é um dos mais procurados, com um sistema de iluminação que se articula com a fachada da Igreja de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos e o jardim, preenchido em 2015 por peças centrais em forma de flores a desabrochar.

Sob a entrada principal da Igreja de Santos Passos, está colocada uma imagem de São Gualter em néon-LED, acompanhada por letras de identificação que anunciam as Festas da Cidade e Gualterianas, celebradas anualmente no primeiro fim de semana de agosto.

As quatro imagens que se encontram distribuídas pela fachada da igreja foram igualmente contornadas com iluminação própria, de baixo consumo e amiga do ambiente, completando um efeito luminoso muito característico das Festas Gualterianas.

No Largo do Toural, a natureza volta a estar em destaque, com uma réplica de uma dezena de jarros colocados em igual número de vasos, sob uma bola tridimensional figurativa, de cor amarela, a fazer lembrar o sol, estrela central do sistema solar.

Será aqui, no centro da cidade, que decorrerá no sábado à tarde, a partir das 17 horas, um dos momentos altos da Batalha das Flores, número tradicional das Festas Gualterianas cuja realização alterna anualmente com o desfile do Cortejo do Linho.

Efeitos de luzes e tradições vimaranenses
A Rua Paio Galvão, a Rua da Rainha e a Rua Alfredo Guimarães têm em comum… flores.

Os modelos apresentados pela empresa “Iluminarte” conjugam versões antigas com materiais modernos, onde se destacam milhares de pontos de luzes, com o verde, cor da cidade e da natureza, sempre associado à iluminação festiva.

Na Rua de Santo António, impera o ritmo do folclore, sugerindo ícones e símbolos típicos do Minho, enquanto a disposição das luzes na Rua de Gil Vicente, engalanada por tons dourados, evoca os colares da mulher minhota.

Na Senhora da Guia, entre a Avenida Alberto Sampaio e o Largo República do Brasil, eleva-se ainda um pórtico luminoso com dez metros de altura, situado em posição frontal para a Igreja de Santos Passos, onde estão retratadas as arestas de três monumentos emblemáticos de Guimarães: Castelo, Igreja da Oliveira e Padrão do Salado.

Sendo uma das mais movimentadas das Festas, a Rua Dr. José Sampaio, com arcos de cor azul, e as ruas Rei Pegú e Dr. Ricardo Marques, ambas na confluência com o Parque das Hortas, foram iluminadas com elementos cromáticos que transmitem alegria, numa alusão ao fogo de artifício, o mesmo acontecendo em relação à Avenida Conde Margaride, uma das principais entradas da cidade, decorada com tonalidades vivas e peças azuis e douradas que dão as boas-vindas aos participantes nas Festas Gualterianas 2015.

Populares