Seguir o O MINHO

Braga

Festa das Colheitas em Vila Verde com mais de 50 iniciativas em seis dias. Eleição de “rainha” é novidade

em

Vila Verde vai viver, de 04 a 09 de outubro, a Festa das Colheitas, com mais de meia centena de iniciativas, entre as quais recriações da espadelada do milho, da desfolhada do milho e da pisada de uvas, foi hoje anunciado.


Segundo fonte municipal, a novidade deste ano será a eleição da “Rainha das Colheitas”, que coroará a mulher mais bem trajada com os motivos alusivos à festa. A Festa das Colheitas, que este ano comemora o seu 25.º aniversário, incluirá também o segundo Encontro Nacional de Cavaquinhos, que espera reunir 400 tocadores.

Durante os seis dias, decorrerá a Feira Mostra de Produtos Regionais, com 134 expositores que mostrarão “o que de melhor se produz” em Vila Verde, do artesanato aos produtos agrícolas, passando pela pastelaria, licores fumeiro, azeite e queijo.

Do programa constam igualmente a Festa do Cogumelo, a Festa do Caurdo (forma popular de pronunciar caldo), o Encontro de Concertinas e um festival de folclore.

 

logo Facebook Fique a par das Notícias de Vila Verde. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Anúncio

Braga

Seminaristas de Braga lançam crowdfunding para montar um ginásio

Angariação de fundos

em

Foto: Ilustrativa / DR

Um grupo de seminaristas de Braga criou uma campanha de angariação de fundos para montar um ginásio num espaço cedido pelo seminário e, assim, poder praticar desporto, foi hoje anunciado.

“Com esta questão da pandemia de covid-19, que tanto nos preocupa, nós seminaristas, que estamos a fazer um percurso formativo para melhor servir o povo de Deus como sacerdotes, não podemos fazer desporto em locais públicos (ginásio) pelas várias razões que todos entendem”, pode ler-se na página da campanha.

“O seminário facultou-nos uma grande sala para podermos montar um espaço de desporto do género de um miniginásio”, contam no texto, pelo que decidiram criar uma campanha na GoFundMe para, apelando à generosidade de todos, equipar o espaço com materiais de desporto.

“Uma vez que a nossa vida é rezar e estudar, precisamos de alguns momentos de distração e de desgaste do stress do dia a dia”, recordam os seminaristas.

Para saber mais sobre a sua campanha, visite a página de angariação de fundos (ver aqui).

Continuar a ler

Braga

Idoso de 80 anos suspeito de traficar canábis em Vieira do Minho

GNR

em

Foto: GNR

A GNR apreendeu plantas de canábis e uma arma proibida na casa de um suspeito de 80 anos que foi constituído arguido e é esta quinta-feira presente a tribunal.

Em comunicado, o Comando Territorial de Braga refere que, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Póvoa de Lanhoso, no âmbito de uma investigação por tráfico de estupefaciente, os militares realizaram uma busca domiciliária que resultou na apreensão de quatro pés de canábis em fase de secagem, 25 munições de calibre 6,35mm e uma pistola de alarme.

O suspeito, de 80 anos, que já tinha sido constituído arguido no âmbito da investigação, e é hoje presente ao Tribunal Judicial de Famalicão.

Continuar a ler

Braga

BE questiona governo sobre descargas no rio Este em Braga e critica “inação” da Câmara

Poluição

em

Foto: DR

O Bloco de Esquerda (BE) questionou o Governo sobre as descargas poluentes no rio Este e critica a Câmara de Braga por inação na resolução do problema.

Os deputados bloquistas eleitos pelo círculo de Braga, José Maria Cardoso e Alexandra Vieira, entregaram duas perguntas na Assembleia da República onde denunciam mais três descargas poluentes no rio Este, em Braga.

Nos documentos enviados ao Ministério do Ambiente e da Ação Climática e à Câmara Municipal de Braga, os deputados referem que “o rio Este foi alvo de novas descargas poluentes no dia 9 de outubro em vários dos seus troços que atravessam o concelho de Braga”, que “também no dia 6 de outubro as águas denotavam uma coloração avermelhada junto à Ponte Pedrinha” e que “no dia 7 de outubro, o rio apresentava uma cor esbranquiçada em vários troços, indicando a existência de diversos focos poluidores”.

Os deputados acusam ainda a Câmara de Braga de anúncios de “intenções sem qualquer resultado visível”. “A Câmara tem responsabilidades não só na falta de articulação com as entidades competentes na busca de soluções reais para as descargas ilegais, como é a própria Câmara Municipal um agente poluidor do rio Este”, criticam.

“O Bloco de Esquerda considera inadmissível que após tantos anos e tantos anúncios de soluções para o rio Este apresentados pela Câmara Municipal de Braga, as descargas ilegais persistam. A inação do Município de Braga e das entidades competentes põe em perigo a biodiversidade do rio e a saúde pública. É urgente apurar responsabilidades e atuar nos termos da lei. Sobretudo, é necessário eliminar os focos poluentes, proceder à despoluição das massas de água e recuperar plenamente a biodiversidade do rio Este. Os habitantes de Braga têm pleno direito a usufruir de um rio limpo, biodiverso e aprazível”, defende o BE.

O partido quer saber se a Agência Portuguesa do Ambiente tem monitorizado o estado ecológico e químico das massas de água e se o Governo tem articulado com o Município de Braga medidas e ações concretas para erradicar as recorrentes descargas ilegais poluentes no rio Este.

Da parte do executivo camarário, o Bloco quer conhecer o estado de implementação em que se encontra o programa de monitorização do rio e qual é a composição da equipa anunciada pela Vereação do Ambiente do Município de Braga para cadastrar e monitorizar os pontos de acesso ao rio Este.

Continuar a ler

Populares