Seguir o O MINHO

Alto Minho

Festa da Nossa Senhora da Lapa de regresso a Arcos de Valdevez

A partir de sexta-feira

em

Foto: CM Arcos de Valdevez / Arquivo

As festas em honra de Nossa Senhora da Lapa estão de regresso a Arcos de Valdevez, a partir de amanhã, sexta-feira, até 14 de agosto. Destaque para o concerto dos Expensive Soul, no dia 11, a “Festa do Rio” com barcos alegóricos, no dia 13 e a procissão, no dia 14.

João Manuel Esteves, presidente da Câmara, vê com alegria o regresso da realização das Festas maiores do concelho em pleno, afirmando que estas são “um momento de celebração da nossa Fé e da nossa Cultura, com muitas iniciativas culturais, religiosas, desportivas e lúdicas”.

Citado no comunicado, o autarca sublinha “o entusiasmo das pessoas, o folclore a banda de música, o cortejo etnográfico, os bailes, a Festa do rio, a Missa e Procissão, o fogo de artificio, bem como outros momentos enchem de brilho e vivacidade as festas concelhias”.

Este ano o programa antecipa a noite das Rusgas para sexta-feira, e no sábado, traz até ao Anfiteatro do Trasladário o fadista, com raízes arcuenses, Marco Rodrigues.

O Folclore terá destaque nos dias 07 e 08 de agosto, com o Festival “Terras de Valdevez”.

A organização volta a fazer uma maior aposta na Juventude e, para além da realização do Ínsua do Vez Summer Sessions, que traz até à beira rio uma panóplia de DJ bastante conhecidos do panorama musical português, no Dia do Jovem (11 de agosto), os Expensive Soul irão dar um espetáculo no Anfiteatro do Trasladário.

O Cortejo Etnográfico voltará a realizar-se na noite de dia 12 (sexta-feira).

A Festa do Rio com barcos alegóricos, um dos momentos altos das festas e um elemento distintivo e diferenciador das Festas Concelhias, retorna no sábado, dia 13. Este ex-líbris da programação das festividades, será complementado com música e fogo-de-artifício, abrilhantando assim o cenário junto à Ponte Centenária, a Praia Fluvial da Valeta e o Rio Vez.

A programação conta ainda com a Festa do Emigrante, os cantares ao desafio, a atuação de vários grupos musicais do concelho, ou o célebre malha-malha de bombos.

Os momentos religiosos englobam a realização da Eucaristia em Honra de Nossa Senhora da Lapa e a Solene Procissão em Honra de Nossa Senhora da Lapa, no domingo (14 de agosto) à tarde, dois dos pontos altos das festividades que, como habitualmente, se espera que reúnam inúmeros fiéis na Igreja e Largo da Lapa.

As festividades encerrarão com a atuação da Banda da Sociedade Musical arcuense.João Manuel Esteves espera “que as Festas contribuam para fortalecer e envolver toda a comunidade arcuense, os residentes e emigrantes, na construção do futuro de Arcos de Valdevez”.

As Festas de Nossa Senhora da Lapa são organizadas pela associação de Festas, em colaboração com a Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez.

EM FOCO

Populares