Seguir o O MINHO

Canoagem

Fernando Pimenta eleito atleta do ano do Comité Olímpico pelo quarto ano consecutivo

em

Foto: Facebook de Vítor Félix

O canoísta Fernando Pimenta, a par da marchadora Inês Henriques, voltou hoje a receber a medalha de excelência desportiva do Comité Olímpico de Portugal (COP), durante a Celebração Olímpica de 2018.

À semelhança de 2015, 2016 e 2017, Fernando Pimenta foi escolhido como atleta de 2018, ano em que se sagrou campeão do mundo de K1 1.000 e 5.000 metros, num campeonato disputado em Montemor-o-Velho, além de ter sido também campeão europeu da distância mais curta.

Também Inês Henriques voltou a ser galardoada, tal como no ano passsado, depois de se ter sagrado campeã europeia dos 50 quilómetros de marcha, nos Europeus de Berlim.

A treinadora e vereadora da Câmara Municipal de Braga Sameiro Araújo, que orientou atletas como Manuela Machado, Dulce Félix ou Jéssica Augusto, foi galardoada com a Ordem Olímpica Nacional.

O canoísta José Ramalho recebeu o prémio ética desportiva, depois de no Mundial de maratonas de 2018 ter andado mais de 3,5 quilómetros com a sua embarcação a meter água, concluindo, mesmo assim, a prova na sexta posição.

Porta-estandarte nas cerimónias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos Tóquio1964, Fernando Costa Matos foi galardoado a medalha de mérito pelo papel ligado ao judo, ao longo de mais de 50 anos.

O Prémio Juventude foi entregue à judoca Patrícia Sampaio (-78kg), campeã da Europa de juniores e bronze no Mundial da mesma categoria, e ao triatleta Alexandre Montez, vice-campeão na prova individual dos Jogos Olímpicos da Juventude e ouro nas equipas mistas.

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa recebeu o prémio prestígio do COP, pelo “papel incontornável e insubstituível no desenvolvimento do desporto em Portugal”.

Populares