Seguir o O MINHO

Desporto

Fernando Pimenta diz que erro dos juízes o impediu de lutar pelo ouro

“Uma má sinalização do número de voltas fez com que perdesse o título europeu”

em

Foto: DR

O canoísta Fernando Pimenta insurgiu-se hoje contra a “desorganização” dos Europeus de canoagem da Polónia, considerando que os juízes lhe sonegaram a possibilidade do título europeu em K1 5.000, prova que acabou no terceiro lugar.

“Isto não tem explicação nenhuma. Literalmente, foi a organização a brincar com o esforço dos atletas. Foi uma prova em que me senti muito bem e liderei boa parte, com ritmo controlado, a proteger-me sempre dos sprints. Uma má sinalização do número de voltas fez com que perdesse o título europeu”, resumiu o atleta natural de Ponte de Lima.

Depois da prata em K1 1.000, distância na qual competirá nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, Pimenta cumpriu a prova em 20.45,277 minutos, a 872 milésimos de segundo do húngaro Balint Noe, que bateu o bielorrusso Aleh Yurenia por 532, num sprint em que os atletas se posicionavam para fazer a rondagem pelo interior e não lutavam pelo pódio.

“Estamos numa modalidade muito pequena. Infelizmente, em alguns países ainda se brinca ao desporto de alta competição”, criticou o português.

Pimenta conta que quando os canoístas ouviram o sinal de final da prova ficaram a “olhar uns para os outros” e que os cinco que disputaram “o pequeno sprint de 50 metros, quando normalmente é lançado a 200 da meta”, estavam com a proa virada para as boias, para nova volta.

“Continuei a prova e no último sprint, sim, para mim o que para mim ficou a valer, consegui impor-me”, sentenciou.

Agora, até Tóquio2020, é “trabalhar muito e bem”, consciente de que tem “a melhorar alguns aspetos” juntamente com o seu treinador Hélio Lucas.

Em relação há cinco anos, quando foi para o Rio2016, onde era favorito e terminou no quinto lugar, Fernando Pimenta assumiu que se sente “mais forte psicologicamente”, mas reconheceu igualmente que os seus rivais estão igualmente mais poderosos.

“Vai ser uma luta muito interessante”, concluiu.

Portugal concluiu hoje os Europeus de canoagem da Polónia com quatro medalhas e seis finais, nas sete provas em que participou em Poznan, após o bronze de Fernando Pimenta em K1 5.000.

Populares