Seguir o O MINHO

Colunistas

Fernando Pimenta a 1000 metros do Rio 2016

em

Fernando Pimenta disputará este sábado os 1000 metros que lhe poderão assegurar o passaporte para os Jogos Olímpicos Rio 2016, durante Campeonato do Mundo de Canoagem de Velocidade, na cidade de Milão.

Na totalidade das 246 vagas disponíveis nas várias disciplinas, 171 serão preenchidas esta semana em Itália. As demais serão por meio de competições continentais e/ou convites.

Pegando nas palavras do seu treinador, Hélio Lucas, depois do ouro na Taça do Mundo, bronze no Europeu e, mais tarde, prata nos Jogos Europeus de Baku, tudo em K1 1000 metros, seria quase desumano não aproveitar o excelente momento de manifestação de força física e psicológica a que Fernando vem habituando os portugueses durante a época.

Na quinta-feira de manhã realizaram-se as eliminatórias e semifinais e Fernando Pimenta continuou a fazer história na canoagem nacional e mundial, alcançando uma vitória clara na sua eliminatória, superiorizando-se ao campeão olímpico de 2012, em K4, Stewart Murray da Austrália.

Já na parte da tarde nas semifinais, o canoísta minhoto, mais uma vez, liderou a prova clássica da canoagem mundial de início até ao fim, não dando qualquer hipótese ao Bulgaro Miroslav Kicherv, medalha de prata no Campeonato do Mundo de 2014, em Moscovo.

Daquilo que se viu durante estas duas provas, é de realçar que o atleta limiano atingiu estes feitos sem ter que se aplicar a 100% e com uma frequência de pagaiada bastante baixa para aquilo que é normal nestas semifinais. Isso só nos pode deixar bastante otimistas quanto ao seu momento de forma.

Mais: o campo de regatas de Milão é uma pista rápida, quente, normalmente com vento pelas costas, sendo raro provocar muita ondulação no campo de regatas, estando assim reunidas as condições ideais para os atletas mais rápidos e melhores tecnicamente como Fernando.

Fernando Pimenta reencontrará sábado, pelas 10h52 italianas, o alemão Max Hoff e o dinamarquês Rene Poulsen, dois dos medalhados no Jogos Europeus em Baku 2015, e outros seis fortes oponentes na final, como o canoísta da República Checa, atual campeão do mundo, ou o bielorrusso Yurenia, atual campeão da europa.

O momento da grande decisão aproxima-se e o atleta de Ponte de Lima precisa de alcançar, no mínimo, o 7º lugar para obter a vaga para os Jogos para Portugal.

Não obstante, a consistência e resultados alcançados por Fernando Pimenta e Hélio Araújo Lucas no decorrer desta época dão-nos uma grande esperança de medalhas.

Nós, aficionados da canoagem e minhotos, esperamos que, para além do apuramento, seja finalmente alcançada a primeira medalha da canoagem portuguesa num Campeonato do Mundo absoluto em K1 1000 metros. Que seja este sábado! #CarregaPimenta

Populares