Feiras do Alto Minho regressam nos próximos dias

Covid-19
Foto: CM Cerveira

Os municípios de Valença, Monção e Vila Nova de Cerveira anunciaram o regresso das respetivas feiras já nos próximos dias, após decisão da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho para a retoma desta atividade.

“A CIM Alto Minho consensualizou, esta segunda-feira, a retoma da atividade das feiras em todos os concelhos do distrito a partir do dia 25 de maio, após o Governo ter incluído este setor na segunda fase do plano de desconfinamento à covid-19. Contudo, este regresso fica marcado por um conjunto de medidas restritivas plasmadas num plano de contingência”, refere a Câmara de Vila Nova de Cerveira, no comunicado o regresso da feira a 30 de maio.

“A feira semanal de Vila Nova de Cerveira está de volta à Praça da Galiza no sábado, dia 30 de maio, num espaço totalmente vedado, com dois pontos de entrada e de saída, com uso obrigatório de máscara para feirantes e utentes, lotação controlada e higienização de todo o espaço antes e depois da sua realização”, realça a autarquia.

Já na próxima quinta-feira regressa a feira de Monção, medida que se “enquadra na segunda fase do plano de desconfinamento, sendo efetuado no âmbito de um plano de contingência, em fase de ultimação, envolvendo diversas medidas de prevenção e contenção que serão divulgadas durante o dia de amanhã”, refere a autarquia.

Em Valença a feira semanal é retomada no dia 27 de maio, no recinto das feiras da cidade, igualmente com plano de contingência e de normas para o seu funcionamento.

Entre as várias medidas obrigatórias, a cumprir pelos feirantes, estão o uso obrigatório de máscaras, viseiras, luvas e gel desinfetante e o distanciamento entre tendas.

Recorde-se que, recentemente, os feirantes têm exigido a retoma da atividade. Em Barcelos e Viana do Castelo houve mesmo manifestações.

O Governo decretou que as feiras podiam voltar à sua atividade normal a partir da passada segunda-feira.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Recém-nascidos de mães infetadas devem ser testados nas primeiras 24 horas

Próximo Artigo

Bebé de 1 ano é um dos três feridos numa colisão em Guimarães

Artigos Relacionados
x