Feirantes do mercado protestam junto à Câmara de Braga

Rejeitam Alameda do Estádio Municipal
Foto: Sérgio Freitas / CM Braga (Divulgação)

Um grupo de feirantes que operavam no exterior do mercado municipal protestam, na manhã desta quinta-feira, em frente à Câmara de Braga contra o facto de lhe ter sido indicada a alameda do Estádio Municipal, como local de trabalho enquanto a obra de requalificação do mercado não estiver terminada, o que se prevê aconteça a 30 de outubro.

O MINHO não conseguiu apurar quantos serão os feirantes que comparecerão na Praça do Município, mas, ao que soubemos, a manifestação será ilegal, em tempo de pandemia, não tendo sido autorizada.

Recorde-se que, na última reunião do executivo, os dois partidos da oposição, PS e CDU, levantaram o problema dos feirantes que trabalhavam no exterior do mercado, – local que tiveram de abandonar devido às obras e a razões sanitárias – e que não aceitam o local que lhes foi oferecido, como alternativa pela autarquia, a alameda do Estádio Municipal, por temerem não ter clientela.

Artur Feio e Carlos Almeida lamentaram a “falta de diálogo” entre as partes, tendo o socialista dito que os feirantes estariam dispostos a ocupar, provisoriamente, alguns espaços exteriores ao mercado.

O presidente da Câmara, Ricardo Rio, contrapôs que os feirantes não querem ir para o Estádio por temerem que essa decisão se torne definitiva e não voltem ao local de partida, o mercado. O autarca garantiu que terão o seu espaço quando o mercado reabrir, mas vincou que a continuação nas ruas está fora de questão.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Despiste de mota com atrelado fere casal em Cabeceiras de Basto

Próximo Artigo

Campanha do Banco Alimentar começa hoje com vales nos supermercados e internet

Artigos Relacionados
x