Seguir o O MINHO

Desporto

Federação de voleibol suspende “final a quatro” da Taça de Portugal

Covid-19

em

Foto: DR

A Federação Portuguesa de Voleibol (FPV) anunciou, esta quinta-feira, a suspensão dos jogos da final a quatro da Taça de Portugal, prevista para 21 e 22 de março, em Gondomar, como forma de prevenção e contenção do surto de Covid-19.


A medida surge após a FPV ter decidido suspender, na quarta-feira, com efeitos imediatos, todas as competições e manter a interrupção de todas as provas nacionais dos escalões de formação e aperfeiçoamento, desde os infantis até aos juniores.

“A Federação Portuguesa de Voleibol continuará atenta às orientações e informações veiculadas pela Direção Geral da Saúde (DGS), continuando a acompanhar e monitorizar a evolução da situação, podendo a qualquer momento, e para além das medidas já anunciadas, modificar as agora tomadas, conforme se revele apropriado”, refere o organismo.

A “final a quatro” da Taça de Portugal de voleibol, que tem como jogos das meias-finais Benfica-Leixões e Académica de São Mamede-Sporting, estava prevista para decorrer em 21 e 22 de março, no Pavilhão Multiusos de Gondomar, em Gondomar.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou,esta quinta-feira, o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

No total, desde o início da epidemia, a DGS registou 637 casos suspeitos.

As medidas já adotadas em Portugal para conter a pandemia incluem, entre outras, a suspensão das ligações aéreas com a Itália, a suspensão ou condicionamento de visitas a hospitais, lares e prisões, e a realização de jogos de futebol sem público.

Anúncio

Desporto

Braga usa “trial” para inclusão de crianças e jovens de bairros sociais

Trial

em

Foto: Divulgação / CM Braga

A Câmara de Braga vai investir, nos próximos três anos, 45 mil euros no “Bike Atitude”, um projeto de inclusão social direcionado para crianças e jovens de três bairros sociais, foi hoje anunciado.

Segundo o presidente da Câmara, Ricardo Rio, o projeto vai abranger 130 crianças e jovens e será desenvolvido pela Trial Portugal.

“O objetivo é interagir com aqueles que têm mais dificuldades de inclusão e exponenciar a sua socialização, através de sessões de treino e de prática de trial que lhes permitirão também adquirir competências para outros contextos”, referiu.

O projeto, hoje apresentado, dirige-se a crianças e jovens dos bairros sociais das Andorinhas e das Enguardas e do Complexo Habitacional do Picoto.

Haverá sessões semanais, alternadas por casa bairro.

O “Bike Atitude” é uma das quatro parcerias que a Câmara de Braga viu aprovadas no âmbito do “Portugal Inovação Social”, uma iniciativa pública que visa promover a inovação social e dinamizar o mercado de investimento social no país.

A iniciativa mobiliza cerca de 150 milhões de euros do Fundo Social Europeu, no âmbito do Acordo de Parceria Portugal 2020.

Continuar a ler

Futebol

Liga diz que todos os clubes profissionais cumpriram obrigações salariais

Futebol

em

Foto: DR / Arquivo

As sociedades desportivas que compõem o quadro das competições profissionais de futebol cumpriram as obrigações salariais nos prazos regulamentados, informou hoje, em comunicado, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

O cumprimento de vários critérios financeiros, entre os quais a inexistência de dívidas a funcionários e à Autoridade Tributaria e Segurança Social, são pressupostos essenciais para que os clubes possam disputar as duas competições profissionais de futebol existentes em Portugal (I e II ligas).

No final de julho, o Desportivo das Aves e o Vitória de Setúbal foram impedidos de se inscreverem nas competições profissionais, por terem infringido pressupostos legais e critérios financeiros, tendo sido relegados para o terceiro escalão.

Em causa esteve o incumprimento das normas relativas à “inexistência de dívidas a sociedades desportivas, jogadores, treinadores e funcionários”, à “regularidade da situação contributiva perante a Autoridade Tributária e a Segurança Social” e o “compromisso de entrega das contas”.

Continuar a ler

SC Braga

Números mostram que a permanência de Paulinho garante um avançado decisivo

Avançado do SC Braga

em

Foto: DR / Arquivo

Um dos nomes mais falados nos últimos dias do mercado de transferências, que se encerrou esta terça-feira, foi o de Paulinho, ponta de lança do SC Braga. O Sporting terá apresentado propostas, mas a SAD liderada por António Salvador não aceitou, e o avançado permanece. Segundo as estatísticas, uma boa notícia para os bracarenses.

Para além de segurar o seu melhor marcador da última época, quando apontou 17 golos e foi o quarto da Primeira Liga, o internacional português também foi o jogador do SC Braga com mais assistências: sete no total, uma a mais do que Francisco Trincão e Ricardo Esgaio.

As estatísticas também demonstram que Paulinho é o jogador que mais apontou “golos da vitória”, com quatro, ao lado de Mehdi Taremi, que transferiu-se do Rio Ave para o FC Porto no último defeso.

O avançado de 27 anos foi um pedido do treinador Rúben Amorim, ex-SC Braga, e a possibilidade esteve em cima da mesa até ontem.

No entanto, António Salvador, presidente do SC Braga, terá pedido 14 milhões de euros e a cedência por empréstimo do avançado Sporar. Mas Frederico Varandas, líder leonino apenas avançou com uma oferta de 11 milhões, sem contemplar o esloveno.

Continuar a ler

Populares