Seguir o O MINHO

Desporto

Federação de surf “contente” com regresso, mas quer alargamento ao ensino

Covid-19

em

Foto: Carlos Pinto

A Federação Portuguesa de Surf (FPS) está satisfeita com o regresso à prática de desportos ao ar livre no âmbito do plano de desconfinamento da pandemia de covid-19, mas quer que englobe o ensino da modalidade.


“Estamos muito contentes com esta decisão, é sinal de que o Governo nos ouviu e foi sensível ao nosso esforço e à nossa campanha nesse sentido, juntamente com Associação Nacional de Surfistas e a Liga Mundial de Surf”, disse o seu presidente, João Aranha, à Lusa.

De acordo com este plano, a prática de desportos individuais ao ar livre, sem a utilização de balneários ou piscinas, vai ser permitida já a partir de segunda-feira.

João Aranha desejou que esta decisão seja estendida ao ensino do surf, mostrando “preocupação” com as “centenas de escolas de surf que estão à beira da ruína”.

“Não se percebe ainda deste plano se a retoma engloba o ensino do surf, mas, com regras, como é óbvio, espero que as aulas de surf possam voltar. Há várias formas de respeitar as regras, por exemplo com apenas três ou quatro alunos, no máximo, por professor”, avançou, estimando em cerca de 150 mil os praticantes de surf em Portugal.

Esta foi uma das medidas que constam no plano de desconfinamento aprovado hoje em Conselho de Ministros quanto à transição do estado de emergência, que cessa no sábado, para o estado de calamidade.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 227 mil mortos e infetou quase 3,2 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Cerca de 908 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 989 pessoas das 25.045 confirmadas como infetadas, e há 1.519 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Anúncio

Futebol

Famalicão contrata avançado Tobias Zarate

Mercado de transferências

em

Foto: FC Famalicão

O avançado argentino Tobias Zarate assinou pelo Famalicão até ao final da temporada e tornou-se no terceiro reforço do clube da I Liga portuguesa de futebol apresentado hoje.

Tobias Zarate, de 20 anos, é avançado e estreou-se na equipa principal do Vélez Sarsfield no primeiro trimestre do presente ano. Pelo clube de Buenos Aires jogou na Liga argentina e na Copa Sul-americana.

“É uma oportunidade para continuar o meu processo de desenvolvimento enquanto jogador num clube que valoriza muito os jovens”, referiu Tobias Zarate ao site do clube famalicense.

Continuar a ler

Futebol

Vitória SC empresta Pedro Henrique ao clube de Ivo Vieira

Mercado de transferências

em

Foto: DR

O defesa Pedro Henrique vai jogar no Al Wehda, clube da Arábia Saudita treinado pelo português Ivo Vieira, durante a época 2020/21, por empréstimo do Vitória SC, anunciou hoje o clube da I Liga portuguesa de futebol.

“A Vitória Sport Clube, Futebol SAD anuncia o empréstimo de Pedro Henrique ao Al Wehda, da Arábia Saudita, com duração de uma temporada sem opção de compra. O central jogará na primeira liga saudita na época 2020/21”, lê-se na nota publicada no sítio oficial dos vimaranenses.

O central, de 27 anos, vai jogar na Arábia Saudita, depois de cinco temporadas em que disputou 156 jogos oficiais com a camisola do Vitória, a última das quais às ordens do treinador Ivo Vieira – realizou 35 partidas oficiais na época 2019/20.

O defesa brasileiro vai reencontrar o técnico madeirense, de 44 anos, após ter ficado de fora do plantel principal dos minhotos para a época um curso, treinado por Tiago Mendes.

Depois de Pedro Henrique ter cumprido as duas primeiras temporadas em Guimarães por empréstimo dos brasileiros do Cianorte, o Vitória comprou o seu passe por cerca de dois milhões de euros no início da época 2017/18, tendo assinado um contrato válido até junho de 2022 com o atleta.

Continuar a ler

Futebol

Rúben Oliveira e Blati Touré rescindem com Vitória SC

Mercado de transferências

em

Foto: DR

Os médios Rúben Oliveira e Blati Touré rescindiram os contratos que os ligavam ao Vitória SC, anunciou hoje o clube da I Liga portuguesa de futebol em duas notas publicadas no sítio oficial.

Contratado ao Feirense no verão de 2017, por 200 mil euros, Rúben Oliveira disputou um jogo oficial pela equipa principal vitoriana na época 2017/18 – a goleada por 6-1 sobre o Vasco da Gama da Vidigueira, para a Taça de Portugal – e realizou 17 partidas pela equipa B, então na II Liga.

Formado na Sanjoanense, no Sporting, no Feirense e no Rio Ave, o jogador, de 25 anos, foi cedido, nas duas últimas temporadas, ao Desportivo das Aves, tendo jogado 50 encontros oficiais pelo clube que competia então na I Liga.

Já Blati Touré rescindiu com o Vitória sem disputar qualquer jogo, após ter chegado a Guimarães no verão de 2019, numa transferência em que os minhotos pagaram 350 mil euros ao Córdoba, clube pelo qual o médio cumpriu 22 partidas na II Liga espanhola, durante a época 2018/19.

Internacional pela seleção do Burquina Faso em 19 ocasiões, o jogador, de 26 anos, estava vinculado ao emblema minhoto até 2022.

Os dois jogadores estiveram afastados do plantel principal, treinado por Tiago Mendes, desde que o Vitória SC começou a preparar a época em curso, em 17 de agosto.

Continuar a ler

Populares