Seguir o O MINHO

Futebol

Vizela empata com o FC Porto B, já não perde há dez jogos e fica a seis pontos da liderança da II Liga

II Liga

em

Foto: FC Vizela

O Vizela e o FC Porto B empataram hoje 0-0, num jogo da 19.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol movimentado, com ocasiões para ambos os lados, que marcou o regresso de António Folha ao comando técnico dos ‘dragões’.

Após a derrota com o Varzim, na ronda anterior (1-0), que ditou a queda para a 18.ª e última posição, bem como a saída do treinador Rui Barros, os ‘azuis e brancos’ foram ligeiramente melhores na primeira parte e somaram um ponto, que lhes permite igualar os varzinistas no 17.º lugar, com 14 pontos.

Com mais ascendente na segunda parte, a formação minhota alargou o ciclo de jogos sem derrotas para 10 e manteve o quarto lugar, com 33 pontos, a seis da líder Académica.

No jogo de regresso de António Folha ao cargo que ocupara entre 2016 e 2018, o FC Porto protagonizou uma primeira parte com movimentações capazes de deixar os elementos mais adiantados em boas posições para fazer golo, embora sem sucesso, apesar de Gonçalo Borges ter introduzido a bola na baliza ao minuto cinco, num lance anulado.

A viver a melhor série de resultados desde o início da época, a formação vizelense também mostrou vocação ofensiva desde cedo, como num remate de Cassiano ao lado, aos oito minutos, e contribuiu para uma primeira parte mais interessante do que o ‘nulo’ registado ao intervalo.

Apesar de o minhoto Kiko Bondoso ter colocado Cláudio Ramos duas vezes à prova, em remates aos minutos 13 e 32, os ‘dragões’ foram ligeiramente melhores na primeira parte, com Namaso a criar perigo por duas vezes, aos 24 e aos 27, e João Marcelo a falhar a melhor ocasião no último lance, aos 45+1, com um remate por cima junto à pequena área.

A segunda parte começou com uma feição diferente, com mais luta a meio-campo e menor presença junto às áreas, mas os lances de perigo para cada lado foram aparecendo, pelo vizelense Koffi, num disparo que rasou a trave por centímetros, aos 62 minutos, e pelo portista Francisco Conceição, num lance individual que culminou num remate para defesa de Pedro Silva, aos 68.

Nos 20 minutos finais, o ascendente pertenceu à equipa da casa e a melhor ocasião para ‘ativar’ o marcador também, aos 76 minutos: Samu acertou na trave, na cobrança de um livre frontal, à entrada da área, e Matheus Costa, na recarga, atirou à figura de Cláudio Ramos.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio do Futebol Clube de Vizela.

Vizela – FC Porto B, 0-0.

Equipas:

– Vizela: Pedro Silva, João Pedro (Koffi, 38), Matheus Costa, Mohamed Aidara, Ofori (Marcelo Oliveira, 76), Marcos Paulo, Ericson (Raphael Guzzo, 61), Samu, Kiko Bondoso (Kiki, 75), Fernando Cardozo (Francis Cann, 46) e Cassiano.

(Suplentes: Ivo, Koffi, Marcelo, Kiki, Raphael Guzzo, André Soares, Francis Cann, Marcelo Oliveira e Diogo Ribeiro).

Treinador: Álvaro Pacheco.

– FC Porto B: Cláudio Ramos, Rodrigo Conceição, Pedro Justiniano, João Marcelo, Diogo Bessa, Rodrigo Valente, Tiago Matos, Mor N’Diaye, Francisco Conceição, Gonçalo Borges (Igor Cássio, 79) e Namaso (Johan Gómez, 90+4).

(Suplentes: Ivan Cardoso, Rodrigo Pinheiro, David Vinhas, Carlos Gabriel, Diogo Ressurreição, Bernardo Folha, Johan Gómez, Boateng e Igor Cássio).

Treinador: António Folha.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto).

Ação Disciplinar: Cartão amarelo para João Pedro (22), Rodrigo Valente (27), Koffi (43), Tiago Matos (75), Namaso (86), Marcelo Oliveira (88) e Francisco Conceição (90+6).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Populares