Seguir o O MINHO

Desporto

FC Famalicão reage a incidentes em Coimbra

em

Desacatos no final do Académica-FC Famalicão (03/12/2017). Foto: Notícias de Coimbra

O FC Famalicão reagiu esta noite, em comunicado, aos desacatos ocorridos no final do jogo contra a Académica, em Coimbra, relativo à 15.ª jornada da II Liga, que terminou empatado 1-1.

Recorde-se que, dos desacatos, resultou um ferido, uma adepta dos famalicenses que foi atingida na cabeça por uma cadeira.

O comunicado, assinado por Jorge Silva, presidente do clube, foi divulgado no site do clube:

O Futebol Clube de Famalicão e os seus adeptos deram hoje em Coimbra uma demonstração de clara de apoio e fervor clubístico.

Tal demonstração, além de ser apanágio da nossa cidade e adeptos, vai de encontro ao que enquanto representantes do clube defendemos para um crescimento sustentado e no caminho que definimos para nos fazer crescer.

A Raça e Paixão de um apoio inequívoco – seja onde for – que prestam à nossa equipa, ficou uma vez mais demonstrado pelos mais de 500 adeptos que estiveram nas bancadas do estádio Cidade de Coimbra. É com eles que vamos continuar a fazer o nosso percurso e em defesa do espetáculo de futebol, que temos de repudiar as lamentáveis agressões registadas no final do jogo.

No final da partida registaram-se incidentes com arremesso de cadeiras das bancadas superiores do estádio em direção ao setor onde estavam os adeptos do Futebol Clube de Famalicão, que depois foram encaminhados para o exterior quando não estavam ainda criadas as condições de segurança necessárias para a sua saída.

Lamentavelmente entendemos que não foram tomadas as medidas preventivas que um jogo de mais de quatro mil adeptos exigia. A força policial com 11 elementos é manifestamente escassa para conseguir conter qualquer alteração da ordem pública, como foi o caso.

O Futebol Clube de Famalicão promove todas as semanas a apologia de um espetáculo desportivo e procuramos dar contributos positivos para que, dentro e fora das quatro linhas, o futebol seja e saia valorizado.

Nós, Futebol Clube de Famalicão, não nos vamos desviar do caminho que temos definido e continuar a defender aqueles que, domingo após domingo, acompanham a nossa equipa. São famílias inteiras que hoje viveram momentos de pânico à saída do estádio. Não nos revemos nos atos registados e vamos, junto das devidas instâncias e organismos, defender intransigentemente os nossos adeptos e o futebol.

O presidente do FC Famalicão Jorge Silva

Populares