Seguir o O MINHO

Alto Minho

“Farrangalheiros” e “garruços” recordam passado de Castro Laboreiro

Exposição

em

Foto: Divulgação / CM Melgaço

Máscaras portuguesas e galegas, entre as quais os tradicionais “garruços” de Castro Laboreiro, compõem a mais recente exposição patente na Casa da Cultura de Melgaço, anunciou a autarquia.


A mostra, intitulada “Viagem pelo mundo da máscara”, é da autoria da escritora e fotógrafa galega Mercedes Vázquez Saavedra e estará patente até dia 27 de fevereiro.

Mercedes Vázquez Saavedra nasceu em Sarria (Lugo), na Galiza. É escritora e fotógrafa. Nos anos 2018 e 2019, dada sua ligação ao mundo da máscara, mais de 20 anos de investigação, Mercedes Vázquez levou ao cabo a mostra itinerante. Entre as várias fotografias destacam-se imagens dos “garruços”, as típicas máscaras de Castro Laboreiro.

Outrora, naquela vila, os “Farrangalheiros” saíam à rua, trajados a rigor, para celebrar o Entrudo: homens e mulheres vestiam o tradicional saiote castrejo tipicamente vermelho bordado e decorado com cores garridas, as blusas e o lenço amarelo.

O traje era composto pelo “garruço”, o objeto mais representativo do Entroido C(r)astejo: chapéus de cartão decorados com fitas e enfeites garridos que congregam uma renda que encobre o rosto dos “Farrangalheiros”.

A exposição é composta por 163 fotografias e foi ontem (dia 6 de fevereiro) inaugurada. A entrada é livre e possível de visitar no horário do espaço cultural: de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 13:00 e das 14:00 às 18:00; e aos sábados, das 09:30 às 12:30 e das 14:00 às 18:00.

Anúncio

Alto Minho

Morreu antiga vereadora da Câmara de Monção

Óbito

em

Foto: CM Monção

Morreu a professora e antiga vereadora da Câmara de Monção Maria Amélia da Ponte Pires Novo. O funeral realiza-se terça-feira, pelas 11:00, na Igreja Paroquial de Mazedo.

Em comunicado, o município “apresenta sinceras e profundas condolências ao marido, Carlos, à filha, Mariana, e restante família, enviando-lhes uma palavra de amizade, força e coragem neste momento doloroso”.

Além da sua profissão como professora, tendo lecionado muitos monçanenses, Maria Amélia da Ponte Pires Novo exerceu funções políticas como vereadora em regime de permanência nas presidências de Armindo Guedes da Ponte (1991/1993 e 1993/1997) e como vereadora da oposição na Presidência de José Emílio Moreira (1997/2001).

Na publicação da página do Município de Monção multiplicam-se as mensagens de pesar e consternação, muitas de antigos alunos que recordam “um ser humano excecional”.

Continuar a ler

Alto Minho

Falso alerta para incêndio urbano mobiliza bombeiros em Ponte da Barca

em

Foto: Bombeiros de Ponte da Barca / Arquivo

Os Bombeiros de Ponte da Barca foram acionados, por volta das 13:00 desta segunda-feira, para um incêndio urbano, mas quando chegaram ao local não havia nada. Tratou-se de um falso alerta.

“O pedido de socorro foi através do 112. O CDOS acionou-nos para a freguesia de Touvedo Salvador, no lugar do Castelo, para um incêndio urbano e quando lá chegámos lá não havia nada”, conta a O MINHO o comandante da corporação, José Freitas, notando que se tratou de um falso alerta “intencional” e que a situação causa um transtorno “muito grande”.

“O pessoal a vir a toque de sirene para um incêndio urbano vêm nos seus carros, correm riscos; mesmo a deslocar-se para a ocorrência, o pessoal está a correr riscos; e podendo acontecer na mesma altura uma ocorrência mesmo verdadeira e sujeitos a não termos a mesma capacidade de resposta”, lamenta José Freitas.

“Por acaso não aconteceu nada em simultâneo, mas podia ter acontecido”, reforça, acrescentando que este tipo de situações acontece “às vezes, infelizmente”.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Motociclista morre após cair de ponte em Viana

Acidente

em

Foto: DR

Um motociclista morreu depois de entrar em despiste numa ponte da EN 202, em Viana do Castelo, caindo para o quintal de uma casa.

Ao que apurou O MINHO, o homem, com cerca de 30 anos, entrou em despiste com uma mota de alta cilindrada em cima da Ponte de Portuzelo, na freguesia de Meadela, acabando por cair de vários metros no quintal de uma habitação.

Para o local foram acionados os Bombeiros Sapadores de Viana, de forma a efetuar o resgate da vítima, mas constataram que a mesma não resistiu aos ferimentos do acidente.

O óbito foi declarado no local pela equipa médica da VMER de Viana. Também a Ambulância de Emergência Médica esteve no teatro de operações.

O corpo da vítima foi transportado para o gabinete médico-legal de Viana do Castelo.

A PSP registou a ocorrência.

Continuar a ler

Populares