Connect with us

Famílias carenciadas de Viana recebem vales sociais

Alto Minho

Famílias carenciadas de Viana recebem vales sociais

Mais de 350 famílias carenciadas de Viana do Castelo estão a receber vales sociais, de cinco e dez euros, para comprar carne, peixe e legumes para combater situações de fome identificadas.

A medida, lançada pela Câmara de Viana do Castelo em julho de 2012, representou até agora um investimento de 28 mil euros, e acaba de ser reforçada com uma verba de seis mil euros para o segundo semestre de 2015.

A decisão foi tomada, por unanimidade, em reunião ordinária do executivo municipal, na sexta-feira passada, e justificada com “as inúmeras solicitações que chegam à Divisão de Ação Social, quer através das diversas instituições do concelho, quer no âmbito do atendimento social”.

Trata-se de um apoio gerido em conjunto com as comissões sociais do concelho e que prevê comparticipações, de forma pontual, às famílias em “situação de carência externa”, com vista à aquisição de produtos frescos.

Aqueles vales sociais, uma das medidas de apoio social da autarquia, no valor de cinco euros para as frutas e legumes e de dez euros para a carne e peixe, são entregues após a avaliação da situação socioeconómica da família feita pelos técnicos da Divisão de Ação Social.

A medida começou em junho de 2012, com um montante de três mil euros por semestre.

Ainda na área do apoio social, a Câmara de Viana do Castelo aprovou igualmente a celebração de protocolos com a Cáritas Diocesana e o Gabinete de Atendimento à Família, com vista à transferência de um apoio financeiro mensal no valor de 8.000 euros.

Trata-se de uma verba que visa o “apoio pecuniário” em “situações pontuais de carência”, nomeadamente no pagamento de rendas em atraso, despesas de saúde, água, eletricidade ou gás.

Mais em Alto Minho

Bitnami